Classificação

9
Interpretação
8
Argumento
8.3
Realização
7.5
Banda Sonora

Contém SPOILERS!

Oh my Gooooooood! Domingo termina Falling Skies e ainda falta tanto para um desenlace perfeito! Reunion foi um episódio calmo que pouco de novo acrescentou para o grande final da nossa série. Mas o pouco que acrescentou promete ser explosivo!

Matt, o membro mais novo da família Mason, que esteve bastante apagado esta temporada, acabou por saltar para o centro das atenções quando, contrariando Maggie, leva Lexi para a base militar onde se organiza a marcha de todas as milícias em direção a Washington. Quase todos se mostram reticentes, já que estavam de sobreaviso desde a descoberta que os overlords são capazes de construir clones para se infiltrarem na resistência humana. Nada nos espantaria caso a Lexi que surgiu fosse a verdadeira… já que os Mason têm revelado alguma “intolerância” à morte e facilmente regressam para junto dos seus. Mas, apesar de todos os esforços, Lexi não consegue estar na presença da mãe e do pai sem que ambos estejam desconfiados! E tinham mesmo razão para tal, a verdadeira Lexi morreu, esta era apenas um engodo para a morte e Tom quase foi desta para melhor.

Outra situação que adiou a partida da Second Mass para Washington foi o ataque surpresa de Pope e do seu grupo armado. Embora ainda tenha enganado, passando por um grupo de sobreviventes em apuros, Pope acaba por morrer depressa e de forma trágica, graças a uma explosão. Esta personagem acabou como começou: como vilão. Além de ter achado que foi tudo demasiado repentino, tive pena da morte de uma das personagens chave de Falling Skies, que merecia um lugar no series finale.

A vontade de ser útil e de vencer a guerra levou Ben a arriscar a sua vida por estar em contacto com o aparelho comunicador dos espheni. O facto é que Ben demonstra mais uma vez a sua utilidade e dá a localização exata onde a suposta rainha dos overlords está ou estará, levando Tom a canalizar para lá todas as milícias.

Já Tom, finalmente conhece a dornia que o segue na sua mente, mas desta vez ela revela a sua verdadeira identidade e como o trouxe de regresso à Terra. Após identificar-se como a última sobrevivente da sua espécie, dá a Tom a arma que matará a rainha. Já no acampamento, Anne e Marty reparam que ela é demasiado mortífera e alteram-na para que seja inofensiva aos humanos. E o teste final demonstra que a tal arma é eficaz, já que mata o clone de Lexi em segundos! Depois de destruir o comunicador espheni, o grupo prepara-se para iniciar a marcha para Washington… mas terá de adiar a partida já que a guerra chegou até eles através de um enxame de skitters voadores!

Tivemos então um episódio calmo, mas que promete um series finale, já no próximo domingo, com muita ação! Começará coma luta pela sobrevivência da Second Mass, mas não nos esqueçamos que esta unidade militar foi reforçada nos últimos episódios, pelo que teremos cenas de luta fantásticas. Teremos então Tom a confrontar-se com a rainha? Conseguirá derrotá-la? Conseguirá a humanidade expulsar os espheni? Quem sobreviverá para reconstruir a Terra? A resposta a estas e outras questões chega já no próximo domingo… apesar de tudo, Falling Skies vai deixar saudades.

Rui André Pereira