Mr. Robot – 01×04 – Daemons
| 18 Jul, 2015

Publicidade

Em Daemons, o plano da Fsociety de eliminar a Steel Mountain vai em frente, e Elliott se sente confiante em relação à sua estratégia: mexer com o termostato do estabelecimento para estragar o seu sistema de backup em fita. Ao tentar explicar a eficiência da sua estratégia e como o fazer, o grupo de hackers fica confuso, e até desconfiam da experiência de Elliot ao descobrir que a E Corp aumentou a segurança dos seus estabelecimentos e está a criar mais cópias das informações que possui, principalmente Romero, que o denuncia como um viciado em drogas e inapto a liderar o plano. Elliott teimosamente nega os argumentos de Romero e diz que irão entrar em acção em menos de um dia.

Enquanto o grupo tenta concretizar o grande plano, Elliott tenta lidar com a falta de morfina na sua vida, e passa por um período de abstinência, onde em vez de se sentir mais saudável e eficaz, sofre sintomas emocionais e físicos: sua constantemente, sente calafrios, vomita, e sobretudo, sofre alucinações.

A surpresa do episódio foi que, em vez de concentrar na execução do plano da fsociety, focou nas alucinações e nos daemons que vivem no subconsciente de Elliot. O significado das alucinações está nas mãos da audiência, mas é fácil identificar elementos que são relevantes para a vida de Elliott: a casa de Elliott que foi substituída pela mensagem “Error 404: Not Found”, significando a ausência da sua família em grande parte da sua vida; uma chave que acompanha-o ao longo das alucinações e parece servir para encontrar o seu monstro/demónio; o seu relacionamento com Angela; a sua mãe a obrigar-lhe a comer o seu próprio peixe de estimação, que na mente de Elliot conseguia falar e tinha vontade de ficar ao pé da janela para combater o aborrecimento de viver num cubículo de um decímetro quadrado; Tyrell segurando a sua chave. Uma questão que fica por responder é: será a cena com as alucinações produto do seu subconsciente ou uma representação de vários aspectos da sua vida, ou apenas o resultado do seu vício, tendo nenhum significado para si ou às pessoas com quem interage? Tudo parece indicar que, se queremos saber mais sobre Elliott, devíamos analisar com cuidado a sequência de sonhos que teve antes de acordar, e ter apercebido que parte do grupo abandonou-o, antes de ser perdoado pelo Romero e terminar o plano da Steel Mountain com o resto da equipa.

A segunda estrela do episódio foi Angela, que no final mostrou-se ficar mais confiante e rebelde (com uma ajudinha da Shayla); logo, virou uma personagem ligeiramente mais interessante. Esperemos que a persona de Angela fortaleça no decorrer da série. O intelecto dela, como já notámos nos episódios anteriores, é quase tão desenvolvido quanto a de Elliott; e se calhar, desenvolvido o suficiente para entrar num grupo de hacktivistas em especial…?

Até agora, Daemons foi o episódio mais bizarro de Mr. Robot, e cuja narrativa menos avançou, mas o estilo cinematográfico e o estudo das suas personagens, como sempre, não desapontou.

Nota: 9/10

Cátia Neto

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

monsieur spade

Recomendamos