The Flash – 01×22 – Rogue Air
| 14 Mai, 2015

Publicidade

1x22 - Rogue Air

1×22 – Rogue Air

Neste episódio começamos com a voz off de Wells. Eddie continua nas suas mãos, e parece que Iris começa a desacreditar que o poderá ter de volta (será que é isso que ela deseja no seu íntimo?). Queríamos mais de Wells, não era? Começamos bem o episódio, com um confronto entre o Antiflash e o Flash, e Wells é mais rápido.

Joe e Iris conseguem resgatar Eddie (o que poderá ter sido só uma manobra de diversão por parte do seu captor), que lhes conta um pouco sobre o verdadeiro Antiflash, e os seus planos. Eobard quer recuperar tudo o que lhe foi retirado. Mas o quê?

Um conflito moral e ético sobrepõe-se (algo que talvez já devesse ter acontecido anteriormente): o que fazer com os metahumanos? Como lidar com eles? É preciso retirá-los de STARLab, porque os planos de Eobard podem envolver matá-los. Joe pergunta-se o que é que os separa como “bons da fita” das pessoas que estão a combater. Barry tenta solucionar o problema e retirá-los da cidade, pedindo ajuda a quem? Snart. Parece arriscado…

Outro conflito surge: Eobard tinha mostrado a Eddie o futuro. O problema de sabermos o futuro (e em situações normais não sabemos) é que isso condiciona as nossas ações. Sabemos que se tomarmos uma decisão essa terá uma consequência específica. Eddie queria pedir Iris em casamento, mas agora sabe que o seu destino não é ficar com ela, mas sim Barry. Esse conhecimento gera um afastamento por parte de Eddie, que Iris, naturalmente, não compreende. Talvez seja este o mote para que a relação de Barry e Iris suba de nível.

Barry está desesperado. A sua rapidez, mesmo sendo o “the fastest man alive”, não é suficiente para acompanhar Eobard/Wells. E o seu desespero leva-o a aceitar o que Snart propõe. Só que Snart não é de confiança, é claro. A a

ção foca-se, então, nos vilões dos episódios iniciais, que se soltam e que decidem atacar, revoltados por terem estado presos, e agora os estarem a deslocar.

Eobard/Wells tem outra partícula aceleradora nos seus planos, e Barry quer perceber para quê e porquê. O vilão aparece junto às instalações do laboratório, mas Flash não o recebe sozinho, juntando-se-lhe Ronnie e Arrow. Uma batalha recheada de superpoderes. Note-se que os efeitos visuais na perseguição de Flash ao Antiflash são poderosíssimos, para o efeito visual que estes dois trazem à história. Poderia parecer impossível capturar Eobard, mas afinal parece que o poder de Ronnie, Arrow e Flash é mais forte.

Um episódio com muita ação, e que foi bem trabalhado ao trazer os vilões antigos à cena, pois estiveram trancados em celas, fora do ecrã, ao longo dos vários episódios. Eobard/Wells continua a carregar dentro de si todo o poder misterioso e perigoso, mas agora foi capturado. Ainda assim, é de apostar que ele está sempre um passo à frente, como o próprio disse. A relação de Iris e Eddie parece ter mesmo chegado ao fim, pelo que não tardará em vermos Iris e Barry juntos, aparentemente. Talvez seja uma das apostas do season finale. A presença de Grodd ficou por explicar, possivelmente também será um elemento a explorar no último episódio. E a presença de Eddie terá de ser agora trabalhada, pois muito da personagem estava ancorada na sua relação com Iris.

Que esperam da season finale?

 

Nota: 8/10

 

Beatriz Barroca

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

mayfair witches estreia

Recomendamos