Gotham – 01×21 – The Anvil or the Hammer
| 04 Mai, 2015

Publicidade

01x21 - The Anvil or the Hammer

01×21 – The Anvil or the Hammer

 

Contém SPOILERS. 

E a trilogia do Ogre continua! Ele avisou Jim que não ia deixá-lo ir atrás dele e aproveitou-se da fragilidade de Barbara (se é que se lhe pode chamar isso) para se vingar do detetive. Ele é que ainda se interessa tanto pela ex que nem se lembrou dela. Até Jason o ter apanhado desprevenido no último episódio.

Portanto, Barbara não tem a vida fácil com o Ogre. Ele até pensa que ela é a tal. Não gosto nem um bocadinho de Barbara mas confesso que me ri um bocado quando a mulher desmaiou ao ver as fotografias das mulheres mortas. Não sei se era para ter piada mas teve. E muita.

Jim, entretanto, anda meio desesperado para encontrar a ex-noiva. Lá descobre o bar especial frequentado pelo assassino. Isso implicou mais um favor de Cobblepot. Mas desta vez não houve falinhas mansas. Já agora, é bom que o favorzão que o Jim deve ao Penguin tenha a ver com a guerra dos mafiosos.

Se encontrar a casa do Ogre foi relativamente fácil, Jim e Harvey descobrirem para onde ele se dirigia de carro foi ridículo. Podiam ter-nos mostrado algo mais credível para levar os detetives a casa dos pais de Barbara.

Além disso, o que raio foi aquilo? Barbara parecia que tinha levado uma lavagem cerebral. Quanto tempo é que esteve com Jason para ficar assim? Tudo bem que os pais dela pareciam tudo menos bons pais (ou pessoas até). Mas como é que Barbara conseguiu assistir impávida e serena à morte dos progenitores? Nem sequer tentou arranjar maneira de contactar Jim? É sabido que Barbara é fraca de espírito mas esta mudança foi exagerada. E claro que ela não vai morrer. Eles aqui não se podem dar ao luxo de inventar como fizeram em Arrow. Gosto muito de Jim com Leslie mas para a Batgirl nascer, Gordon tem que ficar com Barbara Kean.

Bem mais interessantes foram as história de Bruce e, especialmente, de Oswald. Salvaram o episódio.

Bruce não se fez de rogado e meteu as mãos ao trabalho mal pegou nas chaves de Bunderslaw. Só que o homem estava à espera dele e trocou-lhes as voltas. Então Thomas sabia das atividades menos legais da Wayne Enterprises… Bom, não é descabido e dá um certo mistério aos pais de Bruce.

Não estava à espera que Bruce admitisse tão prontamente a Alfred o que Selina fez a Reggie. Todavia, a relação destes dois sempre foi construída na base da honestidade. Afinal, a primeira pessoa a saber que Bruce era o Batman foi o Alfred. Não podia haver um segredo destes entre eles. Não na melhor dupla da série.

Cobblepot não pára de surpreender. Não podia matar Maroni mas também não esperava que tivesse planeado uma guerra entre ele e Falcone. Eu sabia que Oswald não gostava de ficar na sombra de ninguém. Não o fez com Fish, nem com Maroni e certamente não com Falcone. O que é que ele espera tirar daqui? Que Maroni e Falcone se matem um ao outro. E, falando em Fish, onde está ela?

Para terminar… Ed Nygma. Riddler. A maneira como ele está a lidar com isto. E assim começa a jornada para o vilão. Até quando é que ele vai conseguir esconder esta parte de si?

E assim começa o início do fim. Bruce continua a sua aventura para descobrir quem poderá ter mandado matar os pais. Gotham está em guerra de mafiosos. Oswald está nos bastidores a rir e a observar. E Nygma… até quando a sua história ficará à parte de todas?

Nota: 7/10

Maria Sofia Santos

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

station 19 abc

Recomendamos