The Flash – 01×16 – Rogue Time
| 26 Mar, 2015

Publicidade

1x16 - Rogue Time

1×16 – Rogue Time

Depois do excelente episódio da semana passada, não podemos não estar com as expectativas altas em relação ao desta semana. O que será que The Flash nos reservou?

O tempo voltou atrás, e Barry está bastante desorientado, especialmente porque na sua memória, o tempo não voltou atrás. O único que percebe o que se passa é, naturalmente, Harrison Wells, como não é de admirar. Desta maneira, Barry consegue capturar o vilão, evitando que ele cause os danos que causou. Orgulhoso pelo seu feito, é avisado por Harrison, que lhe diz que não devia ter influenciado o futuro, e que o tempo se encarregar-se-á das consequências.

E voltamos aos nossos vilões favoritos (são os nossos vilões favoritos, não são?): Leonard Snart e Mick Rory.

É bom voltar a ver Cisco, que vai à festa de aniversário do irmão, e Caitlin acompanha-o. Joe está intrigado sobre a maneira como Barry agiu. E é claro que as coisas já não podem voltar a ser as mesmas entre Barry e Linda, depois do que aconteceu entre Barry e Iris. Mas será que Iris irá admitir, novamente, o que sente?

Voltando a Cisco, parece que a sorte está do seu lado, ou então não. Uma rapariga aproxima-se dele num bar, e parece ter bastante em comum com ele, mas afinal é a irmã de Snart. O que será que vai sair daqui? Já Barry encontra-se com Iris, mas as coisas não são bem como no passado, e Iris não percebe bem o que ele quer dizer.

Snart e a irmã decidem espalhar o terror e a vingança, mas Flash aparece para evitar mais confusão e tentar resgatar Cisco. Já com a polícia no local, as consequências dos atos de Barry ainda vão piorar mais, com Eddie a esmurrá-lo por causa do que aconteceu no café com Iris.

Cisco continua aprisionado com o irmão, mas Snart está disposto a deixá-los ir embora, se Cisco lhe disser quem Flash é. Cisco teve de aceder, pois Snart estava a disposto a magoar o seu irmão gravemente. Desiludido consigo mesmo, prepara-se para deixar STARLab, mas Harrison consola-o, e faz-lhe ver que fez o que estava certo. Harrison é das personagens mais complexas e bem construídas de The Flash. Sabemos que é mau, que fez coisas muito graves e erradas, mas também o vemos sempre com um lado compreensivo, amigo, para com os seus colegas de trabalho. Ficamos divididos. Gostamos ou não gostamos do Dr. Wells? Queremos ou não queremos que ele seja castigado pelo que faz? Bem, e lá vem mais uma ação que nos deixa com sentimentos mistos em relação à personagem. E até quando é que ninguém vai descobrir quem ele realmente é?

Flash vai ao encontro de Snart, e de cara descoberta. Barry ameaça-o, e Snart diz-lhe que o seu segredo irá continuar longe do conhecimento de todos, por enquanto. Mas talvez o segredo de Harrison esteja (outra vez) perto de ser descoberto, pois Barry começa a desconfiar… Será que está para breve? Ou acontecerá algo como no episódio passado?

Vamos ver como Barry irá agir daqui para a frente, já com alguma desconfiança. E será que Snart vai mesmo manter o segredo de Barry/Flash? Até pode ser que sim, mas nãoi vai parar de aterrorizar Central City, com certeza. E é pena que Rory não tenha tido tanto protagonismo neste episódio. Para os fãs de Barry e Iris foi um golpe duro ver que nada mudou. O que será que vai fazer com que Iris se “lembre” do que sente?

Estamos a três episódios do final da temporada. O que acham que vai acontecer a seguir?

Nota: 7/10

Beatriz Barroca

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

the big cigar

Recomendamos