Pretty Little Liars – 5×25 – Welcome to the Dollhouse
| 25 Mar, 2015

Publicidade

5x25 - Welcome to the Dollhouse

5×25 – Welcome to the Dollhouse

Final da quinta temporada. Aparentemente teremos a revelação de A neste episódio. Quem será? E será mesmo uma revelação? Ou só mais um plot twist? Descubramos, então.

No episódio passado, Spencer, Emily, e Aria juntam-se a Hanna e a Ali na prisão. Estavam à espera? Não pensei que fosse acontecer, mas não era de todo impossível. E começamos este capítulo com as Spencer, Aria, Emily e Hanna a serem transportadas numa carrinha da prisão, e o veículo a ser invadido por A, sendo as quatro sequestradas. As quatro acordam num pesadelo ainda pior do que a prisão. Estão presas, numa casa, cada uma em seu quarto, sob a vigilância de câmaras, e sem saída possível.

Eis que são instruídas por uma gravação a sair das divisões e a seguirem pelo corredor para irem até outra divisão, onde está alguém com uma peruca loira e uma máscara semelhante ao rosto de Alison. A máscara é retirada e… Mona! Não me surpreende assim tanto, pois comecei a achar demasiado estranho não haver corpo passado tanto tempo… Afinal Mona fez quase a mesma coisa que Alison: fingiu a sua morte. Hanna é a primeira a falar, e Mona apresenta-se como Alison. Mona serve-lhes chá e bolachas, e continua a representar o papel de Alison.

Uma espécie de sino toca, e Mona/Alison sai da sala para outra divisão, dizendo às outras, que a seguem, que têm de jogar um jogo. Hanna rebela-se e faz com que as outras se rebelem, também. Uma sirene começa a tocar incessantemente, e só para quando todas regressam aos seus quartos. Mais tarde, Mona aparece, e diz-lhes que pode haver uma saída, mas não têm muito tempo. Ao mesmo tempo, acaba por revelar que tem de fazer de Alison quando está a ser observada.

Os pais de Spencer vão visitar Alison, e o pai dela pressiona-a a dizer onde Spencer está. Alison conta-lhes que quem a levou foi A. E A. tem uma tarefa muito importante para as raparigas: elas têm de recriar o baile de finalistas. Além disso, os pais de Spencer juntam-se a Ezra, Caleb e Toby nas investigações. E Andrew não é de confiança, como já tínhamos tido oportunidade de perceber.

Já com a confiança de Tanner, Caleb consegue a localização da carrinha (que está vazia, claro). Saltando para a “casa de bonecas”; o baile está pronto, as raparigas estão maquilhadas, vestidas, e até há figurantes, mas Alison/Mona ainda não chegou. Quando ela chega, Spencer chama Charles, o rei do baile, que será, aparentemente, A. O vulto aproxima-se, e elas conseguem fugir, mas continuam presas na propriedade…

Ora, sabiam que Alison tinha um irmão além de Jason? Pois é, parece que é ele quem é A… Mais uma vez, Pretty Little Liars deixa-nos a desesperar por mais respostas, por perceber quem é, finalmente A, e porque é que quer tanto magoar as raparigas. FIcamos a agonizar com a espera pela próxima temporada, embora esta já tenha mais um elemento em que trabalhar. Vamos ver, agora, como se vai desenvencilhar com mais este componente. Estou curiosa para saber porque é que Charles terá morto a mãe. A verdade é que esta vertente já podia ter chegado à história mais cedo, e ficámos sem saber qual é o papel de Andrew nisto tudo, exatamente… Também vamos precisar de uma boa história para justificar tudo o que aconteceu a Mona. E já agora, grande lacuna: nunca mais se soube nada sobre Beth. Afinal, não era esse um dos momentos fortes da série? Mais uma vez, as voltas e reviravoltas da série provam que a mesma se pode perder… Mas Pretty Little Liars tem algo sempre a seu favor: o suspense é algo que nesta série se faz com grande mestria.

Até à sexta temporada, então!

Nota: 7/10

Nota de temporada: 6,5/10

Beatriz Barroca

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

house of the dragon the black queen

Recomendamos