Pretty Little Liars – 5×23 – The Melody Lingers On
| 11 Mar, 2015

Publicidade

5x23 - The Melody Lingers On

5×23 – The Melody Lingers On

Bem, Hanna já está a fazer companhia a Alison, e Alison prepara-se para o julgamento… Enquanto Emily, Aria e Spencer falam sobre o que aconteceu, a mãe de Spencer interrompe-as para as alertar que o melhor será não irem ao julgamento. As três não ficam muito agradadas com a sugestão, mas Spencer fica dividida, sem saber o que realmente será melhor fazer. Mais tarde, Spencer vai ao encontro de Jason, e pede-lhe ajuda, mas são interrompidos pelo pai dele, que diz à rapariga para se manter afastada.

Na escola, Aria e Andrew conversam sobre Mona, e Andrew parece não gostar muito do que conheceu de Mona. Aria apercebe-se disso, e talvez Andrew não seja tão bom quanto parece… Apenas uma suposição, mas será que Andrew teve algum envolvimento menos positivo com Mona?

Chegou o momento tão aguardado: o julgamento. O advogado de Mona desacredita completamente Alison (se é que ela tinha alguma credibilidade), e, claro, Aria, Spencer e Emily são metidas ao barulho. O pai de Alison, no intervalo, culpa Aria e Emily de terem mentido, embora Jason lhe diga que foi Alison quem mentiu. A verdade é que as amigas acabaram sempre metidas nos esquemas da abelha mestra…

De volta à prisão, Hanna e Alison falam sobre as mensagens que Ali recebia, e esta disse-lhe que quem lhas enviou foi Mona, dado que parou de as receber assim que ela foi assassinada. Caleb vai visitar a namorada, tenta apoiá-la o mais que pode, e Hanna quer garantir que nada de mal lhe acontece, dizendo-lhe para sair de Rosewood.

Alguém liga para Hanna e é uma música que ela reconhece como uma música que Mona costumava ouvir. Caleb, Aria, Spencer e Emily comprometem-se a ir ao quarto de Mona tentar descobrir algo que consiga tirar a amiga da cadeia, e Aria oferece-se para ir falar com a mãe de Mona. Caleb fica a conversar com Spencer, e afinal ONDE É QUE ANDA O NAMORADO DELA?? Sinceramente, desculpem-me, mas isto não está a fazer sentido nenhum! Primeiro Aria termina o namoro com Ezra, agora Toby e Spencer não falam um com o outro, não estão juntos… O rapaz nem aparece!

Entretanto, Jason confronta Spencer por ela e as amigas terem encurralado Alison, o que fez com que ela fosse presa… Spencer desculpa-se e diz-lhe que não acha que a amiga tenha assassinado alguém. Jason não parece muito interessado no arrependimento da irmã, e vai-se embora.

Spencer decide ir ao julgamento de Alison, e discute com a mãe, pois ela proíbe-a de ir. Spencer acaba por ir, ainda assim, e Jason está a testemunhar, depois de o advogado de Mona mostrar o vídeo de quando a rapariga estava a ser atacada. O advogado aproveita para interrogar Jason sobre Hanna, e salta rapidamente para a mãe de Hanna… O que dá a entender que mais do que só eles e Hanna saberão do envolvimento amoroso de Jason e Ashley… Oops!

Ashley arrepende-se de ter ido ao julgamento e pede a Ted que se afaste, pois não acha que seja bom iniciar uma vida juntos com estes obstáculos, e Ted acede… Parece-me que não haverá grandes mudanças aqui, dá-me a ideia que depois de terem posto Jason ao barulho, não há muito por onde pegar, pois já não faz sentido. Spencer, Aria e Emily vão a casa de Mona, e mãe dela parece não estar em casa. Decididas a desistir, são demovidas ao ouvirem aquela música… Entram na casa, e o quarto de Mona está “de pernas para o ar”. É claro que A deixou uma mensagem, mas Aria acha que é uma armadilha, por isso as três decidem procurar alguma pista. E Spencer encontra-a! Já no The Brew, Andrew tenta “redizer” o que disse sobre Mona, que pode ter provocado uma má impressão.

Ashley visita a filha na prisão, e temos um belo momento entre mãe e filha. Jason também visita a irmã, e ela diz-lhe que há muitas coisas que não devia ter feito.

O episódio termina, mais uma vez, com um final intrigante, pois vemos um talão com o nome de Varjack… O que será que vem aí? Quem será Varjack e o que terá a ver com isto tudo? Estamos a aproximar-nos do fim da temporada, e seria bom que começássemos a desvendar alguns mistérios, mas não parece que seja esse o caminho que Pretty Little Liars irá seguir. Mas a verdade é que começa a tornar-se exaustivo termos tantas coisas em aberto e estar sempre a acontecer mais alguma coisa (que nem sempre faz sentido…)

Nota: 6,5/10

Beatriz Barroca

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

Clãs da Galiza Clanes Netflix

Recomendamos