Gotham – 01×17 – Red Hood
| 02 Mar, 2015

Publicidade

01x17 - Red Hood

01×17 – Red Hood

 

Contém SPOILERS.

Penguin: You miss her? I do. Even after everything she did to me. Perhaps it’s not our friends but… our enemies that define us.  

Quando vi o título deste episódio pela primeira vez pensei… ‘Espera lá! Então o Jerome não era o Joker?’ Claro que ninguém espetou JOKER na testa de Cameron Monaghan, mas pelo promo e pelo comportamento era quase certo. É que ‘Red Hood’ é um dos pseudónimos do Joker, daí a minha dúvida. Felizmente, à medida que o episódio foi progredindo mudei de ideias e suspirei de alívio.

O problema do caso dos assaltos dos bancos é o mesmo de sempre. A facilidade da resolução do caso. Como a série não se centra apenas nas investigações dos casos de Bullock e Gordon, há sempre a tendência para apressar as coisas. Assim, as nossas atenções vão para as histórias em que há, realmente, alguma continuidade.

Mas pronto, ok, vamos à análise deste gangue do Red Hood. Um deles lembrou-se de usar uma máscara vermelha para esconder a identidade. O problema é que se tornou viciante e um  símbolo para os cidadãos e todos os ladrões do gangue. Como tal, eles foram-se matando uns aos outros. Bom, isso tornou o trabalho dos detetives muito mais fácil. Engraçado o poder que um simples objeto tem nas pessoas. Um símbolo de esperança. Neste caso, um justiceiro pelos injustiçados pelos bancos de Gotham. Mesmo que o gangue não o fizesse pelos motivos certos. Não eram Robin Hood. Nem o Robin. Nem o Batman.

Em casa de Barbara, as coisas tornaram-se ainda mais estranhas do que eu pensava. Mas afinal o que raio ela anda ali a fazer? Dar conselhos a Selina? Que cenas mais estranhas, que ficaram mais sinistras quando Barbara começou a falar com a sua hóspede de uma maneira mais sedutora do que maternal. Credo. Selina não acreditou nas palavras da ex-noiva de Gordon, as será que Ivy possa ter tirado algo daqui?

Barbara: You’re a true beauty. Something you can use to your advantage. Your apparence can be a weapon, as powerful as any knife or gun.    

Selina: Yeah? What good’s it done you?

Já Fish Mooney teve finalmente um encontro com os superiores. Esta história continua a causar-me arrepios mas está, sem dúvida, a ficar muito interessante. Dr. Dulmacher? O mesmo que quis raptar os orfãos no segundo episódio? Bem me parecia que ele ia voltar. Só não esperava que fosse ainda na presente temporada.

Sabíamos que a Ms. Mooney era uma mulher com fibra… Mas arrancar o próprio olho com uma colher a sangue frio é de outro nível. Ela não se rebaixa com ninguém. Que mulher!

Oswald continua na sua onda de má sorte. Desta vez ficou sem bebida devido a Maroni. Realmente, pobre Oswald por ter finalmente chegado onde tanto queria para agora estar a falhar. Porém, é tão divertido vê-lo irritanto. Em relação a Butch… estou cética. Terá sido a lavagem cerebral de Zsaz assim tão eficiente ou ele anda a manipular o Penguin para voltar a ter Fish no topo quando ela regressar?

Na Mansão Wayne, as coisas também andaram animadas, com a chegada de um amigo de Alfred do exército. Os Wayne não se ficaram por menos quando contrataram aquele mordomo… Nossa senhora.

Reginald Payne foi uma figura interessante, com uma história trágica, que veio procurar refúgio na mansão. Bruce mostra-nos em como a sua personalidade generosa não mudou em convidar o amigo de Alfred para ficar lá. Aquela luta entre os dois foi igualmente interessante. Mostrou-nos o lado negro do jovem Wayne. Um lado que Alfred está ciente que existe e que luta para controlar. Viram bem a expressão dele enquanto assistia à luta?

Já o disse, mas volto a dizer. Não há melhor relação na série do que a de Alfred e Bruce. Nos filmes é igual. Não sei explicar porquê, mas… Adoro-os.

Alfred: No. He helped me. I’m a better person for knowing him, Reg.  

Aquele final… Deixou-me de coração partido. Sei que Alfred não vai morrer mas ver a dor de Bruce tão pouco tempo depois da morte dos pais foi horrível. E tudo isto porque o conselho de administração da Wayne Enterprises está com medo de Bruce? Que raio é que aquela gente anda a esconder? Espero sinceramente que eles não consigam corromper Bruce (já sabemos que, mesmo que isso aconteça, não seja a longo prazo). Será que Jim vai assumir a guarida dele enquanto Alfred estiver no hospital? Gostava que eles fizessem finalmente as pazes para voltarmos em força para o caso da morte de Thomas e Martha.

Então não é que senti a falta do Nygma neste episódio? Aquele sacana começa a ganhar o seu espacinho entre os meus favoritos… E, já agora, quanto tempo vão durar as ‘férias’ de Allen e Montoya?

Nota: 7/10

Maria Sofia Santos

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

Clãs da Galiza Clanes Netflix

Recomendamos