The Originals – 2×14 – I Love You, Goodbye
| 18 Fev, 2015

Publicidade

2x14 – I Love You, Goodbye

2×14 – I Love You, Goodbye

Contém SPOILERS!

O título deste episódio assenta que nem uma luva no que se foi desenrolando. Talvez por ter sido dia dos namorados, ou mesmo acidentalmente, I Love You, Goodbye trouxe-nos o amor nas suas mais variadas facetas. Apesar da ausência de ação, o episódio ficou no meu top 5 relativamente a esta série.

Amor é querer estar sempre junto de quem se ama. Que o digam Hayley e Klaus! Com a explosão que ocorreu para Elijah salvar Hope de Finn, a família resolve enfrentar o boi pelos chifres e organizar o regresso da princesa Mikaelson a casa. Embora reticente e receosa, Hayley adora estar perto da filha. É mais que óbvio que Klaus iria aproveitar o casamento de Hayley e Jackson, bem como o regresso da filha, para benefício próprio… e assim o faz, aproveita para domar a matilha assim que esta ganha os superpoderes! Isto tudo apenas com a apresentação de Hope à comunidade.

Amor é cedência. Elijah usa a desculpa de que o casamento está a ser imposto a Hayley para o tentar travar. Sabemos desde os primeiros episódios que ele a ama com todas as forças do seu enegrecido e cavalheiresco coração. É um choque para ele quando Hayley confessa que quer efetivamente casar… e não o faz apenas pela sua filha, fá-lo também por si! Hayley quer ser feliz e Jackson é aquele que nunca teve problemas em lhe confessar o seu amor. Perante o choque da revelação, e por ver a fantástica Hayley vestida de noiva, Elikah verte uma lágrima e afasta-se para que a sua amada seja feliz. Apesar de a amar, ele apercebe-se que Jackson fará Hayley feliz, já que ele não tem esqueletos tenebrosos no seu armário. Mas a sua cedência vai mais além quanto enfrenta Klaus relativamente aos seus planos de eliminar Jackson. Até lhe diz algo do género “não o matarás enquanto ele fizer Hayley feliz!” Ao que parece, e por agora, o lobisomem terá mais uns episódios de vida.

Amor é lutar contra o mundo pela felicidade. É mais que óbvio que este parágrafo é sobre Aiden e Josh! OMG! É verdade que acredito que um dos dois não chegue ao fim da temporada, mas estes dois têm conquistado o meu apoio, apesar de não ter gostado da secundarização berrante a que Josh foi sujeito esta temporada. Aiden afasta-se de Josh com a desculpa de que os lobisomens irão ficar demasiado perigosos, mas não é essa a verdadeira razão: Aiden vê a situação fugir do seu controlo, já que se trata de um amor impossível ao estilo de Romeu e Julieto, e não quer sofrer problemas sociais por amar outro homem, sendo este de outra espécie. Felizmente, a conversa com Jackson abre-lhe os olhos e Aiden muda radicalmente de posição: senta-se junto do namorado no casamento e dá-lhe a mão, beija-o em público e quase não o larga por um segundo. O problema dos amores impossíveis secundários e que, assim que tudo começa a correr bem, um deles morre… e é isso que prevejo para um deles!

Amor é partilha e deve ser demonstrado. Aquele casamento! AWESOME! Klaus pode ser um interesseiro de primeira, mas tem um bom gosto irrepreensível. A decoração, a música, o bolo da noiva… tudo estava cinco estrelas. Mas o ponto alto da festa é ver Hayley com um dos milhentos vestidos de Rebekah. A cerimónia foi algo de maravilhoso e segui-a com um arrepio constante. Após a cerimónia ter funcionado, o casal não se larga e dançam sob os olhares de Klaus e Elijah. Já à noite, Hayley confessa que o motivo que a levou a casar-se com o marido foi ela própria… ela quer ser feliz!

Amor é estar presente nos maus momentos. Mal Freya ressuscita Finn, Kol volta a sentir os efeitos do feitiço que o irmão lhe lançou. Embora Davina e Rebekah tentem encontrar algo que bloqueie o feitiço, tal é impossível. Sabendo que a morte se aproxima, Kol demonstra o quão verdadeiramente amava Davina e até lhe dá a última dança prometida. Por outro lado, foi emotivo ver a união de Klaus, Rebekah e Elijah junto do seu irmão moribundo. Davina ficou arrasada com a morte do seu amado.

E assim terminou um episódio fantástico em que, mais uma vez, a CW se superou! A qualidade da banda sonora tem melhorado com o avançar da série. Aliás, é algo que tem acontecido em praticamente todas as séries da estação. Resta-nos esperar pelo próximo episódio para ver se tal ainda acontece!

Questões em análise:

  • Dahlia está mesmo a caminho! Segundo Freya, ela sente a energia de Hope e estará de regresso para atormentar os sobrinhos! Ela é mesmo assim poderosa? Freya e Finn aliar-se-ão a ela ou juntar-se-ão aos irmãos na luta contra a tia?
  • Porquê que Cami não revelou aos Mikaelsons que Hope tem poderes? Claro que ela já percebeu que isso é uma realidade, a bebé salvou-lhe a vida!
  • Terá desistido Klaus da ideia de matar Jackson?
  • Onde andam Esther e Mikael? Já deviam ter aparecido!

Nota: 9/10

Rui André Pereira

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

station 19 abc

Recomendamos