The Blacklist 02×10 – Luther Braxton: Conclusion
| 11 Fev, 2015

Publicidade

c1d2b9bffa4d4c87cc0e13961523eec9

Partindo de onde ficámos a semana passada, estamos de volta à “fábrica”.
A CIA cumpriu com o prometido e tentou afundá-la. Entre chamas e destroços a equipa de Lizzie consegue soltar-se mas é graças a Red que a ajuda vem a caminho.
Sabíamos à partida que não podiam morrer todos consumidos pelas chamas mas ver Harold a ir contra a CIA para salvar a sua equipa deu-lhe um ar ainda mais confiável e heróico. Infelizmente volta-mos a ter um vislumbre sobre o problema que estará a assolar a sua saúde.
Luther conseguiu fugir de Helicóptero mas claro que depois de ter percebido a importância de Lizzie nesta história, ela não podia ficar para trás.
Não esperávamos que a história fosse completamente desvendada mas a verdade é que andamos as voltas e voltas e só vimos um pedacinho por baixo do pano.
Se olharmos para trás percebe-mos que esta serie tem feito isto com bastante regularidade. Mostram-nos só o bocadinho que nos vai fazer ficar agarrados com unhas e dentes.
Luther percebeu facilmente que a resposta ao que procura está escondida na cabeça de Lizzie, só falta arranjar uma solução para lha tirar. Ele conhece a pessoa certa para o ajudar, Dr. Selma Orchard, a médica que o ajudou a “apagar” as suas memórias mais aterrorizadoras. Se com ele funcionou então ela também conseguirá “desenterrar” as memórias de Lizzie.
Pedacinhos vão vindo ao cimo, ela escondida no armário, os gritos sobre Fulcrum, “o pai caído morto” depois de ter sido baleado, a casa em chamas.
Ao mesmo tempo que quer saber a verdade sobre o que se passou naquela noite, a sua mente tenta afastá-la o mais que pode. Enterra-la cada vez mais baixo. Vemos Lizzie ter espasmos violentos enquanto toda a medicação luta contra as suas memórias reprimidas e quase conseguimos ver a tristeza na cara de Red quando esta o acusa de só ter interesse por ela por causa deste episódio, para conseguir um bem material.
Mas a cabeça dela fica a andar a roda quando a mesma médica pede para voltar a vê-la, revelando-lhe que alguém já “entrou” na sua cabeça antes. Alguém que mexeu com a memória deste dia. A verdade é que as pessoas que ela recorda daquela noite estão correctas mas os seus “papéis” poderão estar trocados…

Eu estava quase convencida que Red não podia ser pai de Lizzie porque seria demasiado cliché e dou por mim a pensar que afinal é mesmo pai dela mas até faz sentido??!!! What??!!! Será também estão a mexer com a minha cabeça?!!
Mas daquele coelho, eu sempre duvidei…

8.7/10
Marisa Vaz

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

Clãs da Galiza Clanes Netflix

Recomendamos