Pretty Little Liars – 5×21 – Bloody Hell
| 27 Fev, 2015

Publicidade

O episódio começa com um sentimento esquisito. Spencer, Emily e Aria vão visitar Alison à prisão, e estão bastantes condescendentes em relação à (ex-?)amiga. Nesse momento, Alison fala com Aria sobre Mike, pois é ele e o seu testemunho que a poderão livrar da cadeia. Aria pede-lhe para esperar mais um pouco, pois está a tentar apanhar Cyrus, ou mesmo A. Alison acede. É estranho vê-las a defenderem-na outra vez… Aria tem medo que A. vá atrás de Mike.

A mãe de Spencer censura a filha por ter ido visitar Alison, pois acha que ela se deve manter fora da prisão, e aproveita para lhe dar notícias sobre o seu futuro. O momento seguinte em que ela aceita o dinheiro de Aria para poderem falar “a nível jurídico” é no mínimo ridículo… Acho eu. Portanto, elas continuam sem saber o que fazer, porque Aria não quer que se saiba que o irmão escondeu informações relevantes à polícia, e Hanna e Emily acham que a mãe de Spencer as poderia ajudar, se lhe contassem.

A senhora Hastings vai visitar Alison, e diz-lhe que dificilmente irão acreditar no que ela tiver a dizer, pois já mentiu muitas vezes. Alison quer, ainda assim, tentar, e pede-lhe para ser a sua advogada.

Andrew aproveita para convidar Aria para sair, mas ela diz-lhe que está “mais ou menos” com Ezra… Mais ou menos?? Eu diria “mais para menos”. O que é que aconteceu?

Spencer viaja, assim, até Londres, e vai até à casa de Melissa e Wren, encontrando-se com o colega de casa deles. Não foi no mínimo estranho não se ter despedido de Toby? Essa relação também parece demasiado adormecida. Ou amarga, até. A entrevista com o diretor da faculdade estava a correr maravilhosamente bem, até que uma amostra de sangue parte-se na mala de Spencer, e há sangue por todo o lado.

Talia despediu-se, e está a separar-se do marido, pois os dois acabaram por ter A conversa. Como não tem onde ficar, Emily oferece-se para a acolher em sua casa. Portanto, se achavam que a “relação” delas ia ficar por aqui, bem, provavelmente não.

Aria descobriu que Cyrus foi hospitalizado, e assim tem a maneira perfeita de o ir visitar, sem ele poder fugir. Hanna acompanha-a ao hospital, contra-vontade. Cyrus está na ala dos queimados, e pelos vistos, não foi um acidente… Ao mesmo tempo, nem na prisão Alison está segura, pois recebeu uma mensagem de A. Andará A. por ali? Ou será alguém cúmplice? Terá sido A. a causa do acidente de Cyrus?

Hanna vai finalmente visitar Alison, e Alison desculpa-se, pedindo-lhe para recomeçarem do 0.

O final do episódio é intrigante, pois vemos A. a colocar notas em exemplares d’A Bíblia, um deles propriedade da prisão onde Ali está. Porquê? Para quê? Haverá, então, alguém lá dentro, que A estará a subornar? Nem sequer se vê Alison interagir com ninguém… Será que é desta que vamos ficar mais perto de A? Acho que não…

Estou a achar sem sentido esta reviravolta nas relações amorosas de Pretty Little Liars, se isto é com o propósito de aliciar o espetador, parece-me que está a ter o efeito contrário…

Nota: 7/10

Beatriz Barroca

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

the boys 4 homelander poster prime video

Recomendamos