Black Sails – 02×02 – X.
| 13 Fev, 2015

Publicidade

02x02 - X.

02×02 – X.

 

Contém SPOILERS.

Raios. Odeio quando não tenho razão. Ainda pensei que o Billy e o Flint tivessem um plano qualquer relacionado com o tesouro… mas depois da cena inicial percebi que o Flint quis mesmo matar o ex-companheiro. Quero dizer… nós não vimos bem a cena, mas com o que temos visto de Flint não me admirava nada. O que interessa é que Billy Bones está vivo e será uma questão de tempo até voltar. Espero eu.

Ficámos com a promessa de Flint de que voltaria a ser capitão do Walrus. Fiquei na espetiva. Já sei do que é que ele é capaz. É inteligente, perspicaz, corajoso e não olha a meios para atingir os seus objetivos. Claro que o conselho que deu a Dufresne tinha uma rasteira. Dufresne caiu nela que nem um patinho, mas isso só mostra a complexidade desta personagem.

Admiral Hennessey: That thing which arises in you when passions are aroused, good sense…escapes you. All men have it. But yours… yours is different. Darker. Wilder. I imagine it’s what makes you so effective as an officer. But when exposed to extremes I cannot imagine what it is capable of. And with greater concern, I’m not sure you know either. 

John Silver tentou assegurar o seu lugar ao lado dos colegas de outra maneira. Começou a dizer tudo o que acontecia no navio. Flint não acreditava no plano e eu também tive as minha dúvidas. No entanto, John já provou várias vezes ser um homem persistente. Levou uns socos, mas acabou por levar a sua avante. Há que lhe dar mérito.

A cena do assalto ao navio foi recheada de tensão e a narração de Flint só melhorou a cena. Não sei por quem estava a torcer, mas, no fundo, reconheço que Flint é um bom capitão. Boa pessoa não é, mas não há dúvida de que é um líder nato. Os homens podem odiar traição, mas odeiam ainda mais ter um chefe que não seja totalmente competente. Dufresne peca por não ter a fibra de James Flint.

Em Nassau, temos dois arcos. Eleanor e Vane e Anne, Jack e Max. Vane agora é um pirata de terra em Fort William e começou finalmente a ir às reuniões e a prestar atenção ao que se passa na ilha. Todavia, a única que interessa a Vane é Eleanor. Meu Deus, ele está mesmo apaixonado por ela. Não é muito comum vermos um num pirata. Nem Flint que tem a Mrs. Barlow age assim. Jack e Anne são algo à parte que não entram nestas contas!

O poder que Eleanor tem em Nassau é, e sempre foi, muito frágil. O seu momento mais alto foi quando baniu Vane (e agora vemos que é ele que impõe respeito aos outros). O problema é que, tal como eu disse, Vane ama-a. Ned Low está-se nas tintas para ela. Ele tem a inteligência de Flint e o gosto pela violência de Vane. Ele reúne o que há de pior nos nossos capitães. Isso torna-o num vilão que tem tanto de fantástico como de terrível. Será que vamos ver Vane, Flint e Eleanor unir forças contra ele? Sim, por favor!

O que dizer do trio maravilha? Confesso que andava bastante curiosa acerca de Anne e Max. Ela defendeu-a com tanta garra na temporada passada… que agora se atirou para os braços da ex-prostituta. E o pobre Jack é tão apanhadinho por Anne que teve que engolir que ela tenha uma amante. Eles são mais do que um casal. São companheiros e nunca vemos um sem o outro. Como tal, Jack tirou partido desta situação e eles tornaram-se aliados contra Eleanor. Será este o início de uma guerra de titãs? Novamente, sim, por favor!

Em suma, Black Sails está a tornar-se mais na série que pedia. Menos ‘engonhanço’, mais piratarias, mais mar, mais navios. Sei que o Walrus vai voltar para Nassau mas desejo sinceramanente que não fiquem lá muito tempo. Este episódio não teve tanta ação mas não deixou de muitíssimo bom. Que isto continue assim.

(Eu sei, eu sei que ando com as reviews em atraso mas prometo regularizá-las o mais depressa possível.)

Nota: 8.5/10

Maria Sofia Santos

Publicidade

Populares

estreias calendário séries março 2024

interview with the vampire

Recomendamos