Gotham – 01×12 – What the Little Bird Told Him
| 29 Jan, 2015

Publicidade

01x12 - What the Little Bird Told Him

01×12 – What the Little Bird Told Him

 

Contém SPOILERS.

A busca pelo doentes de Arkham continua. A fuga de Jack Gruber e Aaron Helzinger foi provavelmente a melhor coisa que aconteceu a Gordon. Ele fez um bluffzito e lá foi restituído detetive até encontrar os dois fugitivos.

Gosto imenso de Ben McKenzie e acho que evoluiu imenso desde The O.C.. Contudo, por vezes acho que a sua performance é demasiado forçada. Toda a ação na GCPD não pareceu nada natural. Donal Logue continua a roubar-lhe o spotlight cada vez que os parceiros têm uma cena juntos.

Já Fish Mooney resolveu, de uma vez por todas, avançar com o plano Liza. Finalmente! Sempre me tinha perguntado porque é que Falcone confiara tão rapidamente na rapariga. A razão é muito simples e mostra-nos que os mafiosos são personagens difíceis de odiar… Porque Liza lembra-lhe a mãe. Inicialmente, pensei que Falcone tivesse topado o esquema, mas ele foi completamente iludido. Fish teria conseguido tudo o que desejava… se não fosse o empecilho do costume, o nosso querido Oswald Cobblepot.

Ora, achei interessante como as histórias se interligaram este episódio. Descobrimos que o Electroctioner anda atrás de Maroni devido a negócios antigos (até foi para Arkham por causa dele) e causa uma explosão no seu restaurante no momento em que Penguin estava para ir ter com Falcone. Pobre Penguin, a sorte não esteve mesmo do seu lado. E quem mais se riu quando ele deixou escapar onde ia? Robin Lord Taylor não para de me surpreender. Maroni é que não pareceu nada ter ficado convencido com a desculpa do empregado. Vem aí vingança… e das boas!

Vimos o verdadeiro Falcone quando estrangulou Liza. E Fish que se cuide, porque a retaliação do chefe não vai ser nada branda. Afinal, o que ela fez foi imperdoável. O que lhe acontecerá? E será que vamos saber mais sobre a sua relação com Butch?

Achei demasiado fácil a maneira como Jack foi apanhado. Com um copo de água, a sério? Pensei que ele fosse mais inteligente do que isso. Mas foi da maneira que Jim voltou a ser restituído como detetive. E ainda ganhou uma namorada nova! A Dra. Thompkins é mesmo uma mulher adorável e mil vezes mais interessante do que Barbara.

Falando nessa! Parece que me enganei na review passada. Agora sim Barbara chegou ao fundo do poço. Sem Montoya e sem Gordon, a dona da galeria de arte vai pedir guarida aos pais. E, meu Deus, se eles fossem mais frios seriam blocos de gelo. Não admira que ela seja meio maluca.. com pais assim. Parece que não lhe resta mais nada que não seja voltar a erguer-se. Está na altura de ela se tornar uma personagem verdadeiramente relevante e importante para a série e que não ande apenas a roubar tempo de antena aos outros…

A melhor parte dos 40min foi, sem dúvida, a parte dos mafiosos. Andávamos à espera disto praticamente desde Setembro e não fiquei nada desiludida. Foi bom ver Jim de volta à GCPD mas gostava que ele tivesse ficado mais tempo em Arkham. Mal deu tempo para aquecer o lugar e era da maneira que conhecíamos melhor o asilo. Os miúdos estiveram ausentes. Ainda não foi desta que Bruce e Alfred apareceram no nosso ecrã no ano novo. Como andarão as investigações do futuro super-herói?

Nota: 8.5/10

Maria Sofia Santos

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

the boys 4 homelander poster prime video

Recomendamos