The Originals – 02×09 – The Map Of Moments (Mid-season finale)
| 12 Dez, 2014
2×09 – The Map Of Moments

2×09 – The Map Of Moments

Contém SPOILERS!

O fantasma das enooooormes pausas natalícias das nossas séries está a chegar numa escala colossal. A nossa série preferida não é exceção e lá chegou o dia de nos despedirmos dela até dia 19 de janeiro. Como é habitual, The Originals trouxe-nos um episódio fantástico em que pouco faltou para raiar a perfeição! Pois é… com tanto para desenvolver neste episódio, o ritmo vertiginoso do costume cortou, de forma abrupta, algumas cenas excelentes. Mesmo assim, The Originals continua, de longe, a melhor série que sigo nesta fall season!

Começando pela cena mais esperada da segunda temporada: a reunião familiar! Oh my God, foi algo de transcendente!!! Eu que nem gosto muito da Hayley, fiquei de lágrima no canto do olho assim que o carro para e ela salta para ir abraçar a sua filha. Finalmente tivemos Klaus, Elijah, REBEKAH, Hayley e Hope juntos. Tenho ainda de salientar que Hope foi provavelmente a melhor atriz do set… virão como ela se portou bem e demonstrou boa disposição? Temos atriz profissional em desenvolvimento! Como o Natal se aproxima, Rebekah quer reviver a tradição da sua família: fazer uma enorme fogueira onde todos se reúnem para queimar os seus desejos, uma forma de atrair boa sorte… se alguma vez a tiveram. Apesar da tão incomum calmaria, depressa um fantasma assola a reunião: a luta contra Esther. É aqui que Klaus e Rebekah partem para o French Quarter, enquanto Elijah fica com Hayley a cuidar de Hope.

Elijah está bastante modificado deste o seu cativeiro… Os pensamentos sombrios que Esther lhe inculcou mudaram-no e não há volta a dar a esta situação! Quando Hayley se aproxima para lhe contar que terá de se casar com Jackson, ele, de forma altruísta, dá-lhe a bênção para esta união… mas depois tudo descamba e dá-se a tão esperada cena de sexo entre ambos! Foi tão awesome!

Esther, sendo contrariada por Klaus, e prevendo que Kol e Finn foram aprisionados pelos originais, vai ter com Mikael e constroem uma aliança para deter os filhos! Mikael apenas exige que seja ele a exterminar o bastardo. Não entendo este senhor… de todos os intervenientes, Klaus é o que menos culpa tem das suas origens.

No French Quarter, Cami ainda tenta chamar Finn à razão, mas o bruxo está furioso e ameaça matar todos assim que se libertar! Sem alternativa, o grupo pede auxílio a Kol. Mas este exige o diamante que Marcel e Klaus lhe roubaram em 1914 e a estaca de carvalho branco, que devolverá após enganar a mãe. Surpreendentemente, o jovem cumpre a sua palavra e ajuda a enganar Esther! Consegue avisar Davina do feitiço que levará Rebekah para um novo corpo e assim evitam que Cami seja possuída. Mas nem tudo corre conforme planeada, Klaus não consegue parar o feitiço e Rebekah abandona o seu corpo, para possuir uma bruxa que se encontra na mansão que Klaus trancou com magia em 1914… pois é, afinal Kol ainda conseguiu fazer das suas.

Com o enorme diamante em seu poder, Finn e Davina continuam com o seu plano de trancar Klaus num caixão. Agora têm todos os ingredientes necessários à criação de uma adaga que pare o híbrido. Acontece também o que se esperava destes dois: entregam-se à atração existente.

Como as reviravoltas radicais são algo comum na nossa série, eis que Esther está na situação em que nunca sonhou estar: Rebekah deitou algumas gotas do seu sangue no vinho da mãe e Klaus matou-a. Algures pelo meio, alguém impediu que ela saltasse para outro corpo, fazendo com que ela tenha de optar pela morte (já que a bruxaria é incompatível com o vampirismo) ou por se transformar em vampira, aquilo que ela tanto odeia.

O episódio terminou e Rebekah foi devolvida à série de forma inteligente. Com as notícias recentes de Claire Holt a abraçar outros projetos, o corpo original da vampira ficará em standby, deixando em aberto um possível regresso da atriz (o que me parece bastante remoto). Sendo assim, Rebekah voltará como uma bruxa mortal, só esperamos que a libertem daquele cativeiro. Embora ela regresse, devo salientar que será difícil substituir a Rebekah de Claire Holt, a minha personagem favorita de The Originals. Teremos então de esperar até 19 de janeiro para ver a resolução deste aflitivo cliffhanger!

Questões em análise:

  • Qual a escolha de Esther: morte ou vampirismo? Apesar de tudo, o que ela mais odeia é a morte. Será uma vampira, completamente desprovida de poderes! Ou estarei enganado?
  • Agora que Finn fugiu, provavelmente com a ajuda do pai, o que fará ele? Vai proceder à vingança que proferiu a Cami?
  • Quem vai resgatar a nova Rebekah? É desta que ela e Marcel tem uma oportunidade? Sinceramente não sei se prefiro esta Rebekah, ou a ausência dela no corpo de Claire Holt. Espero que corresponda às expetativas que temos da original!
  • A aliança ente Mikael e Esther continuará?
  • Elijah está a transformar-se num monstro?
  • Hayley sempre vai casar com Jackson? Teremos então os lobisomens independentes?
  • Hope voltará para junto dos pais? Teremos uma família disfuncionalmente feliz?
  • Para quando o terrível regresso de Dahlia e Freya? Trarão momentos explosivos à nossa série!
  • Davina e Kol conseguirão pôr em prática a vingança contra Klaus? Já agora, temos casalinho?

Nota: 9.3/10

Rui André Pereira

Claire Holt, volta por favor!

Publicidade

Populares

a league of their own

Recomendamos