Chicago Fire – 03×10 – Santa Bites
| 08 Dez, 2014

Publicidade

03×10 – Santa Bites

03×10 – Santa Bites

Último episódio antes da paragem de Natal, com uma recuperação no registo das audiências. E como não podia deixar de ser, a série chega com um capítulo temático para a época natalícia que se avizinha.

O episódio anterior terminou com várias histórias pendentes. Histórias de relevo que deixavam no ar algumas complicações com vários elementos da equipa. A gravidez da esposa de Boden é de alto risco; Gabby foi “apanhada” numa situação comprometedora (embora completamente inocente, diga-se); Mills foi ameaçado de morte por “Papa” Lullo, um mafioso da cidade, que culpa o paramédico pela morte do filho; Joe está determinado em conseguir algo com a paramédica Brett. Umas histórias mais entusiasmantes que outras, mas têm alimentado a curiosidade dos fãs.

Este episódio arranca com Lullo a pedir desculpa a Mills pelo que disse ao paramédico. Elogios de um lado para o outro e, em condições normais, um pai que acaba de perder o filho pode ter a reação que Lullo teve. Mas quando o pai é alguém do calibre deste mafioso, tenho alguma dificuldade em acreditar no seu arrependimento.
As minhas dúvidas foram dissipadas quando a equipa médica é chamada para prestar socorro num caso de atropelamento e são confrontados com a presença de Lullo. Desde então, ninguém mais teve notícias da dupla.

As coisas entre Gabby e Casey são levadas ao limite. A recruta começa a ter muita dificuldade em lidar com a indiferença do namorado, especialmente quando este veste a pele de tenente da corporação. Quando Gabby tenta clarificar as coisas, nomeadamente coisas que desabafou com Mills, Casey recua. Aliás, o bombeiro até desencaminha Severide para irem beber uns copos. É impressionante a relação que estes dois tenentes tinham no início da série e o rumo que acabou por seguir. Anyway, o programa descamba completamente quando Casey acorda no sofá de uma moça que conheceu no bar. E agora que aparentemente pulou a cerca, já se mostra disponível para falar com Gabby e tentar compreender o seu ponto de vista. Mas no meio daquela embrulhada toda, Casey até está inocente. Aterrou completamente no sofá quando chegou a casa da moça. Quem não dormiu, foi Severide. E ainda bem. Mas quando Gabby fica a saber, mesmo Casey não tendo feito nada, a coisa rebenta.

Quanto à gravidez de Donna, parece trazer outro problema à superfície. Os papás não se entendem quanto ao apelido da criança. Boden mostra-se intransigente e pretende que o filho tenha apenas o seu apelido. No meio da discussão, a criança decide sair para colocar os pais na linha. Acabam por ficar retidos no trânsito e Boden tem de ajudar a esposa no trabalho de parto. Depois de chegarem ao hospital, são detetadas algumas complicações respiratórias no bebé, deixando os pais em pânico.

Tempo ainda para o fim do franchise do Molly’s. A história da carrinha parecia enguiçada desde o primeiro dia. E quando chega à inauguração, as coisas não correm nada bem, acabando por gerar má publicidade ao negócio que nunca chegou a arrancar.

A série volta em janeiro mas deixa duas histórias pendentes. Será que o filho de Boden e Donna vai sobreviver? E o que aconteceu à dupla de paramédicos? Em ambos os cenários, as coisas não parecem favoráveis.

Nota: 9/10

Ricardo Almeida

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

la brea 3 poster

Recomendamos