Homeland – 04×08 – Halfway to a Donut
| 19 Nov, 2014

Publicidade

04x08 - Halfway to a Donut

04×08 – Halfway to a Donut

Contém SPOILERS!

Depois de Carrie ter sido entregue a Khan tudo levava a crer que o ISI tinha de certa forma sequestrado a chefe da estação da CIA, mas as coisas não foram bem assim.

Carrie finalmente percebe que a sua medicação foi trocada e o mais óbvio seria que Khan estivesse envolvido nisso. Ela confronta-o com as suas suspeitas mas ele sustentou sempre que nada tinha a ver com isso. E de facto não tinha.

Ele confrontou Ball Buster com tudo isto, deixando a sua colega de trabalho insatisfeita, já que a sua ideia era fazer com que Carrie voltasse para os EUA. Não estando satisfeito com o que se estava a passar, ele foi observando Buster até ao ponto de perceber que a pessoa que ela tem sobre coação é o marido da embaixadora.

Ora com essa informação em posse, ele chama Carrie para um encontro a meio da noite, onde lhe dá a conhecer o responsável pela troca da sua medicação. Será que ela vai contar diretamente à embaixadora que o seu marido está a trabalhar para os paquistaneses? Irá ela própria confrontar Dennis? Tudo pode acontecer quando estamos a falar de Carrie.

Enquanto isto se passou, os trabalhos para tentar recuperar Saul não param. As negociações diplomáticas com o Paquistão continuam, mesmo contra a vontade de Lockhart. Num primeiro encontro ficam a saber quais os prisioneiros que Haqqani quer em troca.

Depois de consultado o presidente americano, voltam à mesa das negociações para que fossem agora apresentadas as suas condições. É durante esta reunião que Carrie repara na tranquilidade de Buster e assim chega à conclusão de que eles sabem que Saul está em Makin.

Pois é verdade, com um plano um pouco arriscado, já que ele simulou uma tentativa de suicídio, Saul consegue escapar das mãos de Haqqani. Entrando em contacto com Carrie ele é encaminhado para a cidade de Makin onde seria extraído pelas forças especiais.

O plano parecia ter tudo para correr bem mas, como seria de esperar, as coisas não correram como o esperado. As forças especiais foram emboscadas antes de entrarem na cidade e os Talibãs estavam a revistar a cidade em busca de Saul.

Quando Saul volta às ruas, na tentativa de fugir, percebe que andam à sua procura e que não tem muito por onde fugir. Ele anteriormente tinha pedido a Carrie que não permitisse que ele voltasse para as mãos dos terroristas, nem que isso significasse a sua morte.

Seguindo essa ideia ele tenta por fim à sua vida, mas Carrie consegue demovê-lo fazendo-o acreditar que havia uma saída. Movido por essa esperança ele volta a seguir as indicações de Carrie mas ela levou-o diretamente para os Talibãs. Como seria de esperar ele ficou furioso e acusou-a de o ter traído. Lockhart ficou bastante desapontado por ainda não ser desta que pode mandar a delegação paquistanesa para o sítio que nós cá sabemos.

De facto Carrie traiu a confiança de Saul ao tentar salvar-lhe a vida. Vemos Carrie a dizer isso mesmo a Quinn. Caso ele venha a ser resgatado, esperemos que sim, a sua relação com Carrie pode ficar muito abalada por este episódio.

Tivemos um episódio com um nível de ansiedade razoável, mas muito por culpa da tentativa de fuga de Saul, com o resto da narrativa a ser suportada por isto. Veremos agora se a troca de prisioneiros vai realmente acontecer e como Carrie vai gerir a informação que possuí sobre a quebra de segurança na embaixada.

Nota: 7.5/10

Carlos Oliveira

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

la brea 3 poster

Recomendamos