Gotham – 01×10 – LoveCraft
| 30 Nov, 2014

Publicidade

1x10 - LoveCraft

1×10 – LoveCraft

 

Contém SPOILERS.

E aqui está ele. “Gotham” despede-se dos fãs por 2014 com o seu winter finale. Se nos deixou empolgados e com vontade de saber o que espera aos habitantes de Gotham no próximo ano? Vamos descobrir!

Era óbvio desde o início que Cat não iria chegar a tribunal para testemunhar no caso dos Wayne. Nunca na vida o grande caso da série seria desvendado logo na primeira metade da primeira temporada. Muito provavelmente este caso servirá de motor para unir as personagens durante a série inteira. Contudo, isto serviu para introduzir personagens como Harvey Dent. E para juntar Bruce Wayne e Selina Kyle.

Para ser honesta, estava à espera de mais por parte de Harvey. Não sei se é pelo desempenho de Nicholas D’Agosto ou mesmo dos argumentistas. Ou dos dois. O que é certo é que está a faltar qualquer coisa ali.

JIm cometeu um erro ao não confiar no parceiro que estava novamente a investigar o caso dos Wayne. Ou que nunca o tinha largado. Não estranhei, portanto, que Harvey e Alfred se tivessem virado contra ele. E aqui se formou uma dupla que resultou bastante bem.

Enquanto que Jim foi atrás de Lovecraft, Harvey e Alfred foram visitar Fish Mooney para saber onde poderiam estar os dois jovens. As cenas em si até nem teriam nada de especial se não fosse a interação de Fish e Alfred. Houve ali qualquer coisa. Deve ser o charme britânico do mordomo…

Neste episódio, Falcone tirou a máscara de chefe mafioso calmo e calculista e puxou da arma para causar medo entre a sua ‘família’. Quer descobrir quem matou quem estava por de trás do roubo do dinheiro. O círculo à volta de Fish está a apertar-se.

Jim foi atrás de Lovecraft sozinho. Obviamente, não correu bem. Os assassinos foram atrás dele e Dick acabou morto com a arma do detetive. Mesmo nesta situação, Jim agiu como o homem honesto que é. Há que louvar a integridade e a fidelidade da personagem.

Bela maneira de trazerem Arkham de novo à baila. Jim foi despromovido e vai trabalhar como segurança no hospício. Que irá ele encontrar lá?

Graças ao futuro Duas-Caras, um grupo de assassinos invade a propriedade dos Wayne com o objetivo de eliminar Selina Kyle (o pessoal de “Spartacus” gosta mesmo de séries de super-heróis…).

Por muito que possam protestar pelo destaque dado às aventuras de Selina e Bruce, não nos podemos esquecer que “Gotham” não é uma série como “NCIS” e afins. É certo que há muitos casos de polícia mas a série é muito mais do que isso. Relata a vida dos cidadãos de Gotham. Temos os mafiosos e os seus jogos de poder. Temos o pessoal da GCPD e a luta pessoal de James Gordon pelo fim da corrupção na cidade e a sua jornada até chegar a comissário. Temos Selina Kyle. E temos Bruce Wayne.

Sinceramente, admito que os pequenos ainda têm que arranjar um lugar sólido na série. Eles andaram meio perdido nos primeiros episódios mas creio, acredito e espero que se conseguiam destacar tal como merecem. Nos últimos fizeram um bom trabalho.

Ora bem, Bruce e Selina aventuraram-se em Gotham para fugir dos criminosos. Foi interessante ver a inversão de papéis. No último episódio, Cat esteve no território de Bruce e neste winter finale era ela quem mandava. Mas em Gotham não se posso confiar mesmo em ninguém… Foi por um triz mas eles escaparam e separaram-se (demasiado cedo na minha opinião). Apesar de tudo, a melhor cena do episódio foi mesmo o reencontro de Bruce e Alfred.

Bruce: I didn’t expect to see you again.

Selina: Never said good-bye.

Não posso negar, adoro vê-los juntos. E não tem nada a ver com romance. Eles fazem uma boa equipa, mesmo sendo duas pessoas tão diferentes. Ou talvez é por serem pessoas tão diferentes. O certo é que Bruce mostrou o seu lado mais rebelde neste episódio mas continuava a ser ele (tal como deu para ver na conversa com a futura Poison Ivy. E, meu Deus, como ela é estranha). Já Cat é uma miúda das ruas e não é a mais amorosa das raparigas mas vê-se que faz um esforço com Bruce. Volto a destacar a excelente química entre os dois actores. Inocente mas prometedora.

Selina voltou para as ruas e Bruce continua sem largar o caso dos pais. Será que estes dois voltarão a cruzar-se nesta temporada? Espero bem que sim!

Alfred: The old house seems very quiet… without her, doesn’t it?  

Nota: 8/10

Maria Sofia Santos

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

la brea 3 poster

Recomendamos