Supernatural – 10×03 – Soul Survivor
| 26 Out, 2014

Publicidade

10×03 – Soul Survivor

10×03 – Soul Survivor

Terceiro episódio da série sobrenatural mais famosa do mundo! Às vezes até parece mentira, mas a nossa série já foi algo maravilhoso. As minhas expetativas em relação 10ª temporada nunca foram as melhores, parece que os guionistas já não sabem que cenários explorar! E depois deste episódio, não sei mesmo o que esperar de Supernatural… temo pelo pior! Que comecem os spoilers!

O enredo do episódio decorre em três cenários distintos: no bunker dos Homens de Letras onde Sam tenta curar Dean; na viagem de Hannah e Castiel para ajudarem Sam; no regresso de Crowley ao seu trono infernal. Diria que foi o melhor episódio da temporada, não fosse o facto de ser o início de algo que desgosto: fillers! Pois é, não vejo outro rumo para a temporada a não ser um número considerável de episódios a encher chouriços sobre caça de monstros já demonstrada repetidamente anteriormente.

Chateado por ver que os seus planos para Dean não resultaram, Crowley regressou ao inferno. Depois de uma longa ausência provocada pela sua dependência de sangue humano e pelo período inconsequente em que foi compincha de Dean, o demónio. A situação já de si difícil, está ainda pior devido às sementes da discórdia deixadas pela falecida Abaddon. Arrumar a casa é a primeira tarefa… Como? Com julgamentos em série que culminam na morte de vários demónios. Até que um dos demónios revoltosos se imola em pleno tribunal! Mas Crowley até gosta da cena…

A viagem de Hannah e Castiel decorre com normalidade, não fosse a iminente morte do anjo… a sua graça está quase extinta! Mas o impensável acontece: numa estação de serviço, no meio de nenhures, Adina espera pela sua vingança! Imobiliza Hannah e está prestes a matar Castiel! É nesta altura que Crowley chega, rouba a graça a Adina, mata-a de seguida e dá-a a Castiel. Parece que o rei dos infernos tem planos para o anjo e necessita dele na sua máxima força! Castiel volta a estar em full power.

O enredo principal passa-se no bunker dos Homens de Letras! Sam, que havia roubado sangue abençoado de um hospital católico, começa o processo de cura de Dean. Mas nem tudo corre bem… Dean sente dores, o que não é normal. O impensável acontece no decorrer do processo: Dean, parcialmente curado, consegue soltar-se a sair da armadilha de demónios! Pega num martelo e começa a perseguição ao próprio irmão! Quando está prestes a matá-lo, chega Castiel que o imobiliza! Ufa! Foi por pouco! Dá-se a cura de Dean e, aparentemente, este não parece recordar-se da sua vida enquanto demónio. Mas uma preocupação permanece: Dean ainda tem a marca de Caim.

O episódio terminou e confesso que gostei! O problema, como já referi anteriormente, é que voltaremos a ter fillers incompreensíveis até que seja delineada a missão dos Winchesters: que provavelmente será remover a marca de Caim de Dean. Mesmo que a temporada descambe totalmente, eu continuarei deste lado a seguir fielmente Supernatural e com uma vontade colossal de esmagar crânios de guionistas…

Questões habituais:

  • E agora? Com Dean humano, qual o enredo da temporada?
  • Conseguirão os manos Winchester remover a marca de Caim e salvar Dean definitivamente?
  • Qual o plano de Crowley para Castiel? Salvar um anjo não me parece uma decisão muito inteligente para um demónio.

Nota: 7/10

Rui André Pereira

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

station 19 abc

Recomendamos