Supernatural – 10×01 – Black
| 10 Out, 2014

Publicidade

10×01 – Black

10×01 – Black

Conforme prometido, aqui estão as reviews da série salva pelos nossos seguidores. Mesmo antes da abertura da votação já sabia que Supernatural iria ser a eleita para permanecer com análises no nosso cantinho. Trata-se de uma série de culto ainda bastante popular em Portugal. Eu próprio já tentei abandonar Supernatural na 6ª temporada, mas não o consegui fazer… Até já me considero o 3ª Winchester! Bem, a série regressou mas a sua qualidade continua em declínio. Vamos então ao que interessa e tenham cuidado com os spoilers!

Como é habitual, a série teve um excelente desfecho na temporada passada! A emoção estava ao rubro e prometia continuar a propagar-se na nova temporada… mas não foi isso que aconteceu. Aliás, até o próprio Crowley “gozou” com o rumo que a série tem levado: primeiro foi Dean que foi para o inferno, ressuscitou… depois foi Sam que foi lá parar mas resgataram-no! Pelo meio Sam ainda ficou sem alma e agora é Dean que a tem mais negra que uma noite de lua nova. Embora tenha um carinho especial por Supernatural, tenho de reconhecer que a produção não soube gerir a qualidade do enredo neste excesso de temporadas.

Passaram alguns meses desde que os manos Winchester derrotaram Abaddon e ajudaram a encarcerar Metatron nos calabouços celestiais. Dean perdeu a vida mas não permaneceu morto… graças à marca de Caim e à primeira lâmina, regressou como demónio. Sem deixar rasto, abandonou Sam deixando apenas um bilhete para que o irmão não o tentasse encontrar. Como novo parceiro de Crowley, passam a vida num bar sob o lema de álcool, sexo e karaoke! Mas não isto que o rei dos infernos ambicionava, com Dean a seu lado pretendia/pretende reconstruir o inferno e levá-lo à sua glória! Até provoca ataques demoníacos a Dean.

Quem está mal é Castiel… A graça que roubou está a extinguir-se e a morte aproxima-se. Restaurar as suas forças significa a morte de mais um anjo, algo que Castiel quer evitar a todo o custo. Apercebendo-se do estado do amigo, Sam não o leva na busca do irmão… Mas depressa chega Hannah com uma nova missão: caçar dois anjos que se recusam a regressar ao céu. Pois é, por muito que os anjos sofram, não aprendem a respeitar opiniões distintas e regem o céu sob um totalitarismo demasiado rígido.

Quando finalmente Sam consegue apanhar o rasto de Dean, é capturado pelo misterioso Cole. Por muito discreto que Sam tenha sido, os rumores de que Dean é agora um demónio já se espalharam. Cole é um ex-militar que pretende utilizar Sam como isco para capturar/matar o demónio em que Dean se transformou.

O episódio terminou e não me deixou a suspirar pelo próximo. Fiquei deveras desiludido pelo caminho que o enredo seguiu. Dean afinal não sofreu grandes alterações, apenas está um pouco mais idiota que o habitual. A 10ª temporada começou e já andam por aí rumores de uma 11ª. Vamos ver que surpresas Supernatural reservou (ou não) para os seus seguidores.

Questões habituais:

  • Quem é este Cole? Quem o contratou? De onde conhece Dean?
  • Dean vai resgatar o irmão? Ou a sua faceta demoníaca revelará uma grande indiferença pelos laços familiares?
  • Castiel vai morrer? Ou arranjará nova graça para voltar ao seu auge? Ele precisa mesmo dos seus poderes para restaurar a ordem no céu.
  • Os Winchesters voltarão a viver juntos?
  • Sam arranjará um modo de reverter Dean para humano?

Nota: 6/10

Rui André Pereira

 

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

the boys 4 homelander poster prime video

Recomendamos