Defiance – 02×07 – If You Could See Her Through My Eyes
| 05 Ago, 2014

Publicidade

2×07 – If You Could See Her Through My Eyes

2×07 – If You Could See Her Through My Eyes

Com o último episódio passámos a barreira psicológica da midseason. E mais uma vez saiu justificada a renovação para segunda temporada de Defiance. A nossa série mantém uma evolução francamente positiva e há que reconhecer esse mérito. Com a aproximação do season finale, só nos resta apreciar o que de melhor a Syfy nos apresenta e torcer que não tenhamos um series finale em setembro. A partir deste momento existem spoilers desejosos de vingança…

Julgo que boa parte da qualidade obtida se deve ao aumento do tempo de antena que a família Tarr conquistou. Comparativamente à temporada passada, os Tarr passaram de personagens secundárias a principais e o resultado tem sido fascinante. Tudo começou com Jalina a ir cumprir as suas obrigações junto de Favi Tarr. Ela faz tudo para o agradar, até se autointitula de Stahma para agradar o seu amo. Na manhã seguinte Tarr acorda com uma ressaca e com a sua amante à porta assassinada… e sem olhos! Com a recusa de Yewll em ajudar a ocultar o cadáver, é Rafe que vai em socorro de Datak! Levam o corpo de Jalina para ser eliminado por hellbugs! Como são giros o raio dos bichos!

Julgo que o maior erro de Datak foi ter ido contar a Stahma que Jalina está morta… O brilho do olhar da Castithan grita-nos: “vou denunciar-te pelo homicídio e voltas para a prisão Riverie”! mas o crime resolve-se graças à intervenção de Yewll… Ela recebe o professor Lambert que tem um pedido especial… Colírio para os seus olhos casti! Olhos que há menos de 24 horas pertenciam a Jalina. Ela liga a Datak e depressa ele, Rafe, Nolan e Irisa chegam à origem do problema! O médico crava uma tesoura em Irisa e foge… mas Datak e Rafe estão no exterior à espera e o Castithan quer vingança e desfaz-lhe os olhos… Que cena tão realista!

Christie tem sido outra personagem que conheceu uma evolução surpreendente! Com o apoio da falsa Treasure Doll (que afinal se chama Deirdre) ela volta a mascarar-se de Castithan e volta ao bar onde reencontra o Viceroy Mercado! Estes dois estão numa dança bem sensual quando chega Alak… Sim Deirdre faz jogo duplo! O que ela quer é separar o casal para ser a princesa de Alak! E consegue pelo menos levá-lo para a cama… Ficaram então pendentes as consequências da discussão entre Christie e o marido. Também não podemos esquecer que Christie disse que se chamava Stahma…

Conhecemos um pouco mais do passado! Irisa reconhece Cai da sua vida passada enquanto comandavam a nave Kasiri! Ficamos a saber que ambos se revoltaram e que os artefactos possuíram-nos… Isto quando os dois se beijam, antes de Cai entrar estupefacto para o autocarro… Cai está em choque com as imagens que lhe invadiram a mente!

Já perto do fim do episódio Nolan quer descobrir o que realmente se passa com a filha! Por isso arma uma emboscada, corta-a e vê como ela miraculosamente se cura… A chorosa Irisa confessa que Irzu a proibiu de contar tudo…

Foi um episódio interessante para o desenvolvimento do fascinante enredo que nos tem surpreendido nesta segunda temporada. A secundarização de Nolan e Amanda tem resultado muito bem! A aposta nas raças Votan e nos seus dramas tem-me conquistado. Stahma rules! Pois, todas querem ser como ela…

Questões habituais:

– Afinal qual o papel de Cai no plano de Irzu? Ou apenas Irisa foi escolhida para libertar a ira divina?

– Stahma e Datak a trabalharem juntos! A aproximação está iminente! Vai Stahma voltar ao papel submisso de esposa?

– Como se vai resolver o quarteto Mercado-Christie-Alak-Deirdre? Como já mencionei, tenho gostado do desenvolvimento da personagem Christie… Ela era muito apagada na primeira temporada!

– Yewll cómica? O sarcasmo e o humor negro da médica Indogene são dos melhores momentos da nossa série! Para quando mais desenvolvimentos desta personagem?

– Pottinger foi-se?

Nota: 8/10

Rui André Pereira

Publicidade

Populares

estreias calendário séries março 2024

interview with the vampire

Recomendamos