Witches of East End – 02×01 – A Moveable Beast
| 11 Jul, 2014

Publicidade

2x01 - A Moveable Beast

2×01 – A Moveable Beast

 

Contém SPOILERS.

Finalmente a minha família mágica preferida! Joanna, Wendy, Ingrid e Freya livraram-se de Penelope mas nem tudo é um mar de rosas. Joanna (serei a única a quem irrita o sotaque americano mal disfarçado da actriz? Credo…) continua com o veneno de Athena no sistema e parece que os esforços de Victor estão a ser em vão…

Lembram-se da figura que vimos no portal de Asgard? Pois eu lembro-me e fiquei desiludida quando constatei que Ingrid, Wendy e Joanna sabiam tanto quanto eu. Eles têm a noção que anda algo por lá mas a iminente morte de Joanna é a prioridade de todos eles (e com razão).

Wendy como sempre anda a acudir toda a gente. Para além dos seus esforços para encontrar um chá que ajude a irmã (e no meio disto tudo até teve sorte ao conhecer o paramédico), ainda ajudou Freya a tentar saber como estava Killian e Ingrid durante a sua queda. Cada vez tenho mais a certeza de que Wendy é o pilar daquela família. Não sei o fariam Ingrid, Freya e Joanna sem ela nesta altura do campeonato.

Freya anda, como sempre, enfiada nos seus problemas como homens. Killian não lhe dá notícias e a barmaid começa a ficar seriamente preocupada com ele. E não é para menos. A misteriosa Eva (a ‘coruja’ de quem Wendy lhe falou) não parece ser de confiança e Killian está a ficar caidinho por ela. Oh, Killian, volta depressa! Essa mulher parece ser tudo menos inocente.

Ingrid desenvolveu um sonambulismo esquisito. Ela e Freya comentam a coisa mas não se dá muita importância a isto durante o episódio. Na verdade, o arco de Ingrid no episódio foi a sua tentativa de ser contratada para trabalhar na universidade local. Ela não era oficialmente qualificada para a posição mas uns shots especiais de Freya deram um empurrãozinho e Ingrid conseguiu o emprego. A filha mais velha de Joanna pareceu ter a história mais desinteressante do episódio mas aquele final virou o jogo todo… Quem (ou que) era aquela criatura? Quase de certeza de que é aquilo que causa o sonambulismo de Ingrid mas qual é o seu objectivo? Parece que Frederick não veio sozinho de Asgard…

Falando em Frederick, os fãs não se enganaram. Foi mesmo o gémeo de Freya que elas viram no portal. E ele veio salvar o dia, quando parecia já não haver salvação para Joanna. Wendy, contudo, não confia nele e não sei até que ponto não hei-de concordar com ela… Não há dúvida de que ele esconde muitos segredos e a sua vinda não parece ser nada inocente. Será que foi ele que trouxe a criatura que se anda a alimentar de Ingrid? Quem mais veio para East End?

Por fim, Dash parece estar a passar por um pesadelo. O médico parece não estar a lidar bem com tudo o que lhe aconteceu. Está claramente perdido em relação aos seus poderes, à rejeição de Freya e o suposto assassinato do irmão atormenta-o ao ponto de ter visões com ele. Pobre Dash. Ainda por cima alguém o viu ‘matar’ Killian e anda a ameaçá-lo (será que foi Eva?) O que fará ele agora que sabe que Ingrid é como ele? Será que se vai unir às Beauchamp ou o seu caminho vai dirigir-se cada vez mais para as trevas? E o que dizer da misteriosa marca de sangue que o senhor do hospital tinha desenhada no peito? Hum…

Se foi uma boa season premiere? Foi sim senhora, mas estava à espera de mais. Esperava ver mais de Killian e de Frederick. Pensei que a abertura do portal tivesse um maior efeito nas personagens e na cidade. Mas ainda vamos no início…

Nota: 7.5/10

Maria Sofia Santos

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

the big cigar

Recomendamos