The Last Ship – 01×05 – El Toro
| 25 Jul, 2014

Publicidade

the-last-ship-el-toro-meal

01×04 – El Toro

Neste episódio, The Last Ship foi caçar macacos. E apesar da perspetiva de um episódio um tanto parvo, a verdade é que nem foi mau.

O território de caça decidido inicialmente era na Costa Rica, mas por “distúrbios civis” no local, a tripulação desviou-se para o Nicarágua. Ao chegarem à reserva de macacos depararam-se com um grupo de pessoas infetadas que repetiam “El Toro” incessantemente – agora o vírus afeta a coerência?

Depois de escaparem, o Cap. Chandler ordenou ao grupo da Dra. Rachel que voltasse para o James. Ele, o XO Slattery, o tenente Danny, o CMC Jeter e oficial de comunicações Will Mason – no qual eu nunca tinha reparado antes – continuaram a subir o rio para irem à procura de macacos numa zona que esperavam não populada. Pelo caminho cruzaram-se com um barco de seu nome “El Toro”. O mistério adensa-se. Mas não por muito tempo. Assim que atracaram em terra, o Will pisou uma armadilha ficando gravemente ferido e o grupo foi repentinamente rodeado por um grupo armado. Foram então escoltados até ao El Toro, a pessoa e vilão deste episódio, não o barco. Este personagem foi extremamente bidimensional. Um ex-traficante de drogas que mantinha controlo do lado do rio não infetado e com uma atração declarada e repugnante por raparigas menores. No entanto, foi um vilão que achei mais interessante que o Ruskov e foi-lhe dada inteligência suficiente para apanhar o Cap. Chandler nos seus bluffs, como aconteceu com as jaulas dos macacos e o código de cores dos sinalizadores.

O El Toro foi ‘simpático’ o suficiente para ceder os macacos que o Cap. Chandler precisava e providenciar o antidoto e um médico para o oficial ferido. Tudo o que o grupo do James tinha que fazer era manter o nariz baixo e não se meter na ditadura dele. No entanto, quando uma miúda que o desrespeitou e pediu ajuda ao Cap. Chandler foi atirada para o lado do rio infetado, o XO e o tenente Danny não se contiveram e ocorreu uma pequena escaramuça. Ainda assim, foi-lhes permitido ir embora com os macacos em troca dos fatos de proteção e das armas que eles tinham.
Tudo estaria e acabaria bem, não fosse a consciência roer aos nossos personagens e, balançado pelo XO, o Cap. Chandler decide voltar atrás com ele e com o Danny e eliminar o El Toro. Jeter é a voz da razão nesta decisão, eles já tinham os macacos e iam arriscar a salvação do mundo por um pequeno grupo de pessoas? Dito isto, simpatizo com a ideia do Chandler de querer um mundo que mereça ser salvo. Mas neste caso não podiam ter voltado ao barco e depois voltado ao acampamento com reforços? Ao menos as cenas deles a surpreender os inimigos e a matá-los foram o melhor aspeto do episódio.
El Toro acabou por ser morto pelo pai das miúdas abusadas depois de subjugado pelo Cap. Chandler e a sua equipa.

Houve também uma história paralela em que o Tex e a Dra. Rachel conversaram. Nada de relevo (Mark Twain e cenas), exceto momentos para fortalecer a relação entre as duas personagens. Uma relação mais interessante que a do Danny com a Kara, pelo menos.

Considerações:

– Reflitamos na estupidez que é juntar numa expedição em território desconhecido o Capitão Comandante, o XO e a essencial virulogista.

– O Cap. Chandler e o XO Slattery andam muito amiguinhos. Não me enganas Michael Bay! Ainda vai haver bronca.

– Tripulação: 215 (e um cão) [começo a perder a esperança em mortes em massa]

Nota: 7.1/10

André F. Dias

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

apples never fall

Recomendamos