Defiance – 02×04 – Beasts of Burden
| 14 Jul, 2014

Publicidade

2×04 – Beasts of Burden

2×04 – Beasts of Burden

Mais um episódio de Defiance e eu não sei bem o que pensar. Tratou-se de um episódio isolado com pouca repercussão no futuro, ou tratou-se da preparação de algo grandioso? Espero ansiosamente que se trate da segunda opção, caso contrário a série pode entrar em espiral recessiva como aconteceu na primeira temporada. Apesar desta dúvida, confesso que gostei das referências às Guerras Pálidas (Pale Wars) que ocorreram aquando da chegada dos Votans ao planeta Terra. A partir deste momento podem ser assaltados por spoilers que vos humilham com “xixi”.

O Mayor Pottingers atravessa as Badlands com tecnologia avançada de mineração. Obviamente que supomos que é para as acelerar o trabalho nas minas que eram de Rafe McCawley. Como é habitual, Berlin filma tudo para enviar para os órgãos centrais da República da Terra. Mas o imprevisto acontece… A comitiva de Pottinger é assaltada… Os meliantes levam a tecnologia de mineração, não antes de matar boa parte da guarda do Mayor e de o humilhar! Obrigam-no a despir-se e um deles urina em Pottinger.

Como sempre, Nolan encontra-se refugiado no quarto de Amanda! Ambos estão a brincar, embora ela tenha de ir trabalhar, quando Irisa os interrompe: Pottinger necessita da ajuda do Lawkeeper… O Mayor está furioso com o que lhe aconteceu e, por isso, quer que ele siga o rasto dos criminosos para recuperar a tecnologia perdida e castigar aqueles que o humilharam. Embora Nolan, com a apoio de Amanda, diga que perseguir criminosos nas Badlands é impossível, Pottinger está irredutível!

Um pouco depois, Pottinger pede desculpa a Amanda e conta que em criança, aquando das Guerras Pálidas, os seus pais enviaram-no para um colégio interno onde ele estaria mais seguro. No entanto, o exército Votan chegou e ele foi violado. Amanda diz que ele não está sozinho e que falar do problema ajudá-lo-á a sentir-se melhor! Mais tarde, quando ambos estão a consumir Blue Devil, Amanda confessa que também foi violada quando trabalhava para a República da Terra. Sinceramente, não acreditei na história de Pottinger, julgo que foi apenas uma história inventada para que Amanda se aproxime dele.

No decorrer da investigação, Nolan, Irisa e Thomy vão até à clínica da dr.ª Yewll que está a tratar das autópsias dos guardas mortos. Thomy repara que um deles tem vestígios de gulanite, mas Nolan disfarça e refere que se trata apenas de sujidade. Ao sair de lá, o Lawkeeper sabe exatamente onde tem de ir: a casa de Rafe McCawley. Quando lá chega depressa descobre que foi Josef que organizou o roubo e que Rafe nada fez. Josef afirma que com aquela tecnologia, o suporte subterrâneo que sustenta Defiance colapsará e que a cidade ficará destruída. Nolan propõe levar a tecnologia roubada de volta ao dono, mas avisa que o rapaz terá de desaparecer da cidade, pois Berlin está a tentar recuperar a sua câmara de filmar e descobrirá quem assaltou Pottinger.

Quando Rafe volta a casa com o bilhete de autocarro de Josef, este já havia fugido para tentar resolver a situação: recuperar a câmara de Berlin! Mas o plano corre mal e ela vê o rosto do assaltante e é sequestrada… Quando ela está prestes a morrer, Nolan e Rafe aparecem e salvam o dia! Nolan ainda é baleado numa perna e Rafe não tem alternativa e mata o sobrinho. Já em casa Rafe fez as malas pois depressa chegará Pottinger para o desalojar.

Datak está de volta a casa e aos negócios! O filho e a esposa morrem de medo dele! Stahma ainda planeia um ataque de guardas E-Rep. ao marido, mas ele controla-se e pede desculpa pelo mal que causou. Stahma tenta convencer o marido a aceitá-la como sócia dos negócios da família, já que  com ela os lucros aumentaram. Embora Alak se queira afastar da sombra maléfica do pai, não consegue! Datak quer usar a produtora musical do filho para a lavagem do dinheiro resultante dos seus negócios ilícitos! E para castigar o seu filho pela insubordinação que este teve um pouco antes perante os seus empregados, Datak queima-lhe a mão numa das máquinas! Já no final do episódio, Stahma e Alak organizaram uma receção de boas vindas a Datak: juntaram todos os funcionários que deram uma grande tareia ao patrão, deixando-o bastante debilitado! Aqui, Stahma aproxima-se do marido e sussurra-lhe ao ouvido: “You should have made me a partner”. Stahma sabe exatamente o que quer e o que fazer para atingir os seus objetivos.

E por aqui terminou a nossa dose semanal de Defiance! Como já referi anteriormente, espero que este não tenha sido um dos típicos episódios-filler a que a série nos habituou na primeira temporada. Gostava que nos mostrassem as Guerras Pálidas com recurso a flashbacks, devem ter sido fantásticas para os olhos dos amantes de ficção-científica.

Questões habituais:

– Irisa estava muito normal! Irzu tirou férias?

– Amanda está cada vez mais próxima de Pottinger… Mas não larga Nolan! Com qual dos dois ficará?

– Será verdade a teoria do Josef? Defiance será destruída se explorarem abusivamente a gulanite que se encontra sob a cidade? Se sim, Pottinger sabe disso?

– Yewll vai voltar a perseguir Irisa para a estudar?

– Como vai ficar Datak após a tareia que levou? Vai ficar mais soft com a família? Ou vai preparar uma vingança terrível?

– Stahma ainda tem mais trunfos na manga? Ela é mesmo má!

Nota: 7/10

Rui André Pereira

Publicidade

Populares

calendário estreias posters maio 2024

apples never fall

Recomendamos