Pretty Little Liars – 05×03 – Surfing the Aftershocks
| 25 Jun, 2014
5x03 - Surfing the Aftershocks

5×03 – Surfing the Aftershocks

Pretty Little Liars é sempre uma surpresa… e o terceiro episódio da quinta temporada não foi excepção!

Passemos, então, ao que interessa: depois da morte recentemente revelada de Jessica DiLaurentis, Ali está apática, os dias passam por ela como os segundos passam por nós. As cinco amigas preparam-se para assistir ao funeral da mãe de Ali, enquanto Aria, Spencer, Hanna e Emily conversam sobre tudo o que tem acontecido, e esperam que a amiga se vista. Jason e o Sr. DiLaurentis também esperam por Ali na sala. Esta surpreende todos, quando decide usar um vestido da mãe, e deixa o pai incomodado. Spencer revela-lhe que foi o vestido que a mãe usou no funeral de Alison.

O funeral não é mostrado, e passamos para o regresso de Aria, Spencer, Emily e Hanna à escola. As quatro pretendem voltar às suas vidas normais, ou, pelo menos, querem fazer passar essa ideia. Aria recusa, apesar de Spencer lhe dizer que o deve fazer, falar com Ezra, para que este não revele o que sabe. Quando Aria se afasta, as outras três discutem sobre quem poderá ter morto Jessica e ter agredido Alison, quando esta desapareceu. Hanna e Emily acusam Jason, mas Spencer toma o partido do meio-irmão.

Mona encontra Aria nos corredores da escola, e estende-lhe um cartão de boas melhoras para ser entregue a Ezra, que, pelos vistos, já regressou a Rosewood. Hanna aparece para assinar o cartão, e Mona aproveita para “picar” as duas sobre Alison, e especular sobre o seu regresso ao liceu. E Noel anda, outra vez, “na baila”… Gostava de perceber porquê… Sempre foi uma personagem que me despertou interesse, até pelo facto de nunca se ter percebido qual o seu papel na história toda. Apesar disso, não aparece.

Paige cruza-se com Emily e o ambiente entre as duas não é o melhor. Emily afasta-se, e Mona intervém. Ao mesmo tempo, há uma nova personagem em cena, que observa Emily de forma insistente. Quando Emily a confronta, pensando que é por causa de Alison. Na verdade, é uma “fã” de Emily como nadadora, e pede-lhe ajuda, pois acabou de se transferir para a escola e para a equipa.

Spencer observa, pela janela, a casa dos DiLaurentis, e é surpreendida por Melissa. Melissa mostra, mais uma vez, como não lhe agrada ter Alison por perto, e previne a irmã para ficar longe dela, e da família DiLaurentis. Além disso, também ela acha que foi Jason quem assassinou Jessica.

Alison e Hanna vão até à morgue e Hanna é confundida com Ali, que diz: “costumava ser fácil distinguir-nos”, fazendo referência à altura em que Hanna era mais gorda. Isto faz despoletar um flashback, e vemos uma cena entre Mona e Hanna, já dois meses depois do desaparecimento de Alison. Mona já está diferente, já não é a “totó” que era, e diz a Hanna que alguém terá de substituir Alison, se esta realmente tiver morrido. E pergunta-lhe se quer saber “qual o segredo para ser inesquecível”. O flashback termina, e voltamos ao presente. Terá sido aqui o início da mudança de Hanna, e o fortalecimento da amizade dela com Mona.

O pai de Spencer quer vender a casa, quer afastar-se dos DiLaurentis o mais que puder. Spencer e o pai discutem por causa disso e das convicções de Melissa. Além disso, parece-me que o sr. Hastings anda a beber cada vez mais… Provavelmente, isso irá constituir um problema, muito em breve…

Aria vai a casa de Ezra, e depois de hesitar em bater à porta, decide ir-se embora, mas Ezra abre a porta nesse preciso momento. Os fãs de “Ezria” ficam logo com o coração a bater mais depressa, porque talvez os dois possam voltar a estar juntos! Aria parece desconfortável com toda a situação, ficando de pé a ouvir Ezra. A conversa rapidamente salta para Alison, e Aria diz a Ezra que o que Alison contou é o que deve constar, pelo menos, por agora. Ezra sabe que Jessica faleceu, mas não sabe que Shana morreu, e muito menos que foi Aria quem a matou. Perturbada pelo rumo da conversa, Aria prepara-se para abandonar o apartamento. Quase podia ter havido um beijinho entre os dois, mas a reconciliação não será assim tão rápida, pelos vistos.

Ficamos todos com vontade de dar um mergulho, ao vermos Emily ir ajudar a nova rapariga. Paige também aparece nos balneários, e as três têm o “that awkward moment”, por razões óbvias…

Voltamos a Hanna e aos seus flashbacks, que se recorda dos momentos em que começou a emagrecer, e Mona vê as roupas que estão no armário. Estende-lhe uma blusa que Alison deixou em casa de Hanna e esta fica agradavelmente surpreendida por ver que lhe serve. Mona parece querer convencê-la de que pode ser a próxima Alison.

Aria encontra-se com Ali e Aria conta-lhe como foram as conversas com Ezra e Mona. Ali tenta fazer compreender Aria de que ter morto Shana foi a única coisa a fazer, pois esta iria matar toda a gente, se não tivesse sido impedida. Aria entrega-lhe, ainda, o livro de Ezra, e sai.

Emily e Hanna regressam a Philadelphia, e sondam um mendigo que já tinham encontrado, tentando saber alguma coisa acerca de Jason. Supostamente, ele saberá alguma coisa, mas o espectador não mata logo a curiosidade. A cena salta para Jason e Spencer, e ficamos a saber que Jason vai deixar Rosewood. Spencer aproveita para lhe mostrar o rascunho do e-mail da mãe. Aparentemente, então, o e-mail não teria como destinatário Jason.

E voltando a Emily e Hanna, que chegam, também a essa conclusão, temos acesso a mais um flashback de Hanna, bem ao estilo de Mean Girls, quando Hanna e Mona alcançam o patamar da popularidade. No fim desta memória, Hanna pergunta a Emily como foi assumir a sua homossexualidade. As duas falam sobre descobrirem-se a si mesmas, uma das grandes problemáticas de se ser adolescente.

Spencer fala com Jason, tentando descobrir quem terá sido a pessoa a quem Jessica iria enviar aquele e-mail. Jason, ao contrário dela não está com tanta vontade de saber, preferindo “ser feliz a estar certo”. Alerta-a, ainda, para não confiar no pai. O que irá sair daqui?

E a próxima visita de Ezra é…: Alison! Esta visita não nos traz muita informação, mas eu fiquei contente por vê-los interagirem, porque acho que tal ainda não tinha acontecido de forma plena, sem ser em flashbacks.

Hanna e Emily estão de volta a Rosewood e vão ao café que costumam frequentar. Mona também está lá, e enquanto Emily faz os pedidos ao balcão, Hanna questiona Mona sobre saber que Ali estava viva. Mona diz-lhe que o importante era ajudarem-se uma à outra, mas Hanna acusa-a de a ter mudado, ao invés de a ajudar. Pergunta-lhe, ainda, porque é que queria tanto que Alison renascesse na sua pele, e Mona só lhe responde que Hanna devia agradecer-lhe por tudo.

Spencer e Aria falam sobre o que tem acontecido, e Spencer revela-se receosa relativamente ao seu envolvimento na morte da rapariga que está na campa de Alison.

Ao regressar a casa, Alison é interpelada pelo sr. Hastings, ficando inquietada. E além disso, parece querer fazer-lhe frente, e mostrar-lhe que não tem medo. No fim, ele oferece-lhe boleia.

Paige continua a cruzar o caminho de Emily, pois está sentada no seu alpendre. As duas falam sobre o término da relação, e Paige, de lágrimas nos olhos, diz-lhe que a ama. Quando Emily lhe diz que lamenta, Paige, de coração partido, caminha na direcção da estrada, e Emily chama-a. Nesse momento, há uma esperançazinha que se acende no coração dos mais lamechas (como eu), mas Emily só lhe diz que ela merece o melhor de tudo. E Paige responde-lhe que era isso que tinha. (Ai o meu coração! Quase chorei, aqui. Eu tendo sempre a torcer por todos os one true pairings das séries…)

Quando o sr. Hastings regressa a casa com pretzels, Spencer, ainda acordada, mostra-lhe o e-mail de Jessica. O pai tenta desvalorizar, dizendo que o e-mail não tem significado, mas Spencer não desiste. Melissa entra na sala e diz à irmã para deixar o pai em paz (Então ela sabe MESMO de alguma coisa…). Melissa vê a folha impressa do e-mail e rasga-a (mais pontos para quem a acha suspeita) e diz ao pai: “ela devia saber”, mas o pai impede-a de continuar a falar e manda Spencer para o quarto. Segundo ele, é melhor que ela não saiba, porque assim, “não poderá mentir sobre algo que não sabe”. Spencer fica intrigada e sai.

Aria volta ao apartamento de Ezra e depois de mencionarem a visita de Ali, Aria conta-lhe que Shana está morta e que foi ela a responsável pela morte. Ezra não a julga, e oferece-se para a ajudar. Talvez aqui os dois se reaproximem!

Depois de todos os flashbacks sobre Hanna, esta vai até ao cabeleireiro e teremos uma mudança de visual a caminho! E Mona está sempre vigilante… Com alguém a acompanhá-la, que talvez saibamos no próximo episódio quem é.

O que eu mais quero esclarecer, no próximo episódio, é o que é que Melissa e o pai escondem. E vocês? Até à próxima review!

 

Nota: 8/10

Beatriz Barroca

Publicidade

Populares

calendário estreias

freeridge poster

Recomendamos