Person of Interest – 03×21 – Beta
| 02 Mai, 2014

Publicidade

personofinterest03x21

03×21 – Beta

Mais um episódio de Person of Interest e agora que estamos muito perto do final de temporada, voltamos a ter melhorias nos níveis de audiências. O episódio anterior tinha sido exatamente o que a série precisava para voltar a subir.

A forma como terminou o episódio anterior, fazia prever um final de temporada bombástico. Agora que Samaritano está online (ainda que numa fase experimental), Decima tem de eliminar a concorrência. Root, Shaw e John são alvos a abater. Entretanto, Harold está MIA mas a equipa continua a trabalhar com os números que vão surgindo. E é bom ver que Shaw se encontra recuperada do ferimento. Já não imagino a série sem ela. Atrevo-me a dizer que, apesar de tudo, assume um peso na série que Joss Carter não chegou a ter. Digo eu.

A maior ameaça a Samaritano é Harold. Assim, Decima tenta tudo para o encontrar. E a forma mais direta para o conseguir é através de Grace, que estava noiva de Harold quando ele, supostamente, tinha morrido. John e Shaw conseguem chegar a Grace antes que as coisas se complicassem. E a movimentação deles em plena esquadra de polícia é interessante. Mas pareceu-me forçada em alguns pontos. John ainda é procurado e esteve detido naquela esquadra. Agora anda ali como se nada se passasse. Quanto a Decima, estranhei quando Greer se saiu com a história da “subtileza”. Uma organização daquelas, com os recursos que tem, o poder de fogo que consegue e, acima de tudo, os interesses que tem em jogo, não devia estar muito preocupada com alguma confusão numa esquadra de polícia se isso a levasse aos seus objetivos.
Mas a organização acaba por conseguir raptar Grace, criando alguns problemas para John e a sua equipa. Além de precisarem de salvar Grace, também têm de se proteger pois o que a Máquina vê, Samaritano vê. E não é uma altura para ser ameaça a um super sistema de vigilância.

Apesar das tentativas, Decima consegue controlar a situação e propõe libertar Grace em troca de Harold. Curiosamente, depois desta proposta de Greer, Harold dá sinal de vida. Confesso que não me recordo da conversa da equipa. Fiquei deslumbrado com a declaração de Harold: “kill them all”. Sim, por favor. Kill them all! Mas… ainda não foi desta.

Estou para ver qual o objetivo de Root em relação aos servidores que “pediu emprestado” e que se destinavam à componente física de Samaritano. O certo é que a história está intrigante e os dois últimos episódios prometem muito.

Nota: 8/10

Ricardo Almeida

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

Clãs da Galiza Clanes Netflix

Recomendamos