Já terminaram as gravações da série Chegar a Casa, que poderá ser vista na RTP no decorrer deste ano. Este projeto é uma coprodução com a SPi e a produtora espanhola CTV, cujas rodagens decorreram entre Arcos de Valdevez e Santiago de Compostela.

Chegar a Casa conta a história de uma mulher que regressa à sua terra natal, em Portugal, depois de uma vida de 15 anos em Santiago de Compostela, após o fracasso do seu casamento. A nova série é realizada por Sérgio Graciano e escrita pela dupla de argumentistas Filipa Poppe e Joana Andrade, ambas galardoadas internacionalmente.

O elenco conta com Joana Seixas como protagonista, assim como Rosa do Canto, Anabela Moreira, Rúben Gomes, Rui Melo, Alfredo Brito, Rodrigo Tomás e Duarte Melo entre os principais papéis. Da parte Galega, conta com os reconhecidos atores Miguel Ángel Blanco e Sara Casasnovas nos papéis principais..

Para o realizador Sérgio Graciano, “se rodar uma série em condições normais em Portugal não é tarefa fácil, fazê-lo em tempos de pandemia torna-se uma tarefa hercúlea”. “Terminámos a rodagem de Chegar a Casa com a mesma energia com que começámos. E isso deve-se a todas as pessoas envolvidas. Trabalhar com tanto sacrifício é duro, mas é a única maneira possível de levar uma rodagem até ao fim. Os atores e técnicos espanhóis e portugueses foram uns heróis e concluíram este projeto como só se uma linguagem se falasse. Nesta coprodução SPi fizemos uma série especial, uma série que retrata um drama familiar escrita com o sentido de humor e realismo que nos acompanha sempre ao longo das nossas vidas”.

[Texto adaptado do comunicado de imprensa do canal.]