Todos os inícios de semana são sinónimo de novidades em formato micro e as notícias que trazemos esta segunda-feira não fogem à regra! Descubram todas as adições aos elencos de projetos que já são familiares e também algumas das novas apostas, prestes a chegar aos pequenos ecrãs. Woke, A League of Their OwnStrange Planet são alguns dos títulos mencionados.

  • Nick Offerman (Parks and Recreation) é a mais recente adição ao elenco do reboot de A League of Their Own, encomendado pela Amazon Studios. O ator prepara-se para interpretar Casey “Dove” Porter, um antigo pitcher dos Chicago Cubs recrutado para treinar os Rockford Peaches. Porter tornou-se conhecido depois de um episódio célebre em que o seu forkball acabou por matar um pombo. Inspirador e carismático, Dove era visto como a próxima grande estrela da liga, mas uma lesão no braço encurtou a sua carreira. Agora quer regressar em grande, fazendo dos Peaches uma equipa vencedora. Aquando da longa-metragem de 1992 – que serve de inspiração para este formato de vários episódios – este papel foi encarnado por Tom Hanks.
    .
  • Aimee Garcia (Lucifer) juntou-se ao elenco da 2.ª temporada da comédia Woke, associada ao streamer Hulu. A série cocriada por Keith Knight e Marshall Todd narra a história de Keef Knight (Lamorne Morris), um artista de banda-desenhada afro-americano à beira do sucesso até um incidente violento com a polícia lhe alterar a vida por completo. Com uma nova consciência da sua realidade, Keef tem de gerir novas vozes e ideias desafiantes, sem desperdiçar tudo o que já conquistou. Garcia vai dar vida à personagem Laura Salgado, uma capitalista de risco autodidata de Silicon Valley. Simpática, mas formidável dentro do seu ramo, Salgado está interessada em trabalhar com Knight.
    .
  • Kiefer Sutherland (Designated Survivor) vai voltar a entrar na Sala Oval da Casa Branca para vestir a pele do 32.º presidente dos Estados Unidos da América, Franklin Delano Roosevelt, a propósito da série The First Lady. Nesta nova aposta da Showtime, cuja 1.ª temporada é focada nos papéis da Primeiras-Damas Eleanor Roosevelt (Gillian Anderson), Betty Ford (Michelle Pfeiffer) e Michelle Obama (Viola Davis), Sutherland encarna uma das figuras mais admiradas da política mundial. Roosevelt foi presidente de 1933 até ao seu falecimento, em 1945, sendo o único a chefiar o Estado por mais de dois mandatos. Juntamente com Eleanor Roosevelt desempenhou funções fundamentais durante a primeira metade do século XX, tendo posto em prática o New Deal, um pacote de medidas económicas e sociais para retirar o país da crise de 1929. Oito anos antes contraiu o vírus da poliomielite e ficou com as pernas paralisadas, mas nem esse incidente o desviou do sucesso. Aaron Eckhart (Gerald Ford), O-T Fagbenle (Barack Obama) e Dakota Fanning (Susan Elizabeth Ford) também se juntam ao elenco.
    .
  • Lily Rabe (American Horror Story) foi escolhida para completar o quarteto de protagonistas da nova série da HBO Max Love and Death. A atriz vai contracenar com Elizabeth Olsen, Jesse Plemons e Patrick Fugit na minissérie baseada na história do homicídio de Betty Gore, em 1980, no Texas. Rabe vai calçar os sapatos de Gore, assassinada pela dona de casa Candy Montgomery (Olsen), num projeto criado pela dupla de David E. Kelley e Nicole Kidman – previamente responsáveis por sucessos como Big Little Lies ou The Undoing – em colaboração com a Lionsgate Television.
    .
  • A atriz Cherrelle Skeete (Hanna) vai integrar o elenco do drama The Midwich Cuckoos, uma nova aposta da plataforma Sky Originals, ainda em fase de produção no Reino Unido. Protagonizada por Keeley Hawes (Bodyguard) e Max Beesley (The Outsider), trata-se da adaptação moderna – dividida em oito capítulos – de uma obra literária homónima de ficção científica assinada por John Wyndham. O argumento tem o toque artístico de David Farr, o guionista por trás de The Night Manager, desenrolando-se numa cidade britânica onde as mulheres ficam grávidas de crianças extraterrestres.
    .
  • O escritor, produtor, ator e comediante Dan Harmon (Rick and Morty) vai juntar-se a Nathan Pyle – o criador do universo de banda desenhada online e graphic novels  Strange  Planet – para  uma  adaptação  ao  pequeno  ecrã  encomendada pela plataforma  de  streaming  Apple  TV+. As narrativas dos livros de Pyle são protagonizadas por seres de um azul brilhantes e com olhos grandes, naturais de um planeta que tem muito pontos em comum com a Terra. Os alienígenas bronzeiam-se e espirram, mas referem-se a estas ações como “danos solares” e “explosões de fluido facial”. Esta adaptação surge após o lançamento de dois livros e publicações regulares de banda desenhada na internet. Enquanto a dupla se prepara para ocupar funções de produção executiva, Amalia Levari (Joe Pera Talks with You) está apontada como showrunner. A produtoras Apple Studios e ShadowMachine (Bojack Horseman) vão colaborar para produzir a série.
    .
  • Juntamente com a atriz Maya Rudolph (The Good Place), Joel Kim Booster (Search Party) prepara-se para coprotagonizar uma nova série de comédia criada e escrita pelos vencedores de Emmys Alan Yang (Little America) e Matt Hubbard (Forever). O projeto associado à Apple acompanha a história de Molly (Rudolph), uma mulher cuja vida aparentemente perfeita fica em suspenso depois do seu marido a deixar sem nada a não ser 87 biliões de dólares. Booster ficará encarregue de interpretar Nicholas, o assistente leal de Molly. Além dos protagonistas, Mj Rodriguez (Pose) também faz parte do elenco desta aposta para o futuro. Yang, Hubbard e Rudolph fortalecem o seu vínculo à série – ainda sem título anunciado – ao desempenhar funções como produtores executivos.
    .
  • A Amazon dá luz verde ao seu primeiro argumento de comédia alemão intitulado Love Addicts, seguindo a vida de um grupo de amigos que tentam se aventurar nas peripécias do amor, lidando cada um com as suas dificuldades no mundo dos namoros. A Amazon deu ainda luz verde a The Therapy, uma série de seis episódios que seguirá um psiquiatra que terá de lidar com o desaparecimento da sua filha que o assombra há anos.