A nova série de drama e comédia da Netflix, Maid, contará com Tracy Vilar (Partners) e Billy Burke (Revolution) no elenco, contracenando com Margaret Qualley.

A série, escrita por Molly Smith Metzler, é inspirada na obra biográfica de Stephanie Land, intitulada Maid: Hard Work, Low Pay, and a Mother’s Will to Survive, seguindo uma mãe solteira chamada Alex (interpretada por Qualley) enquanto esta se dedica aos serviços de limpeza doméstica como meio de tentar sobreviver mês após mês, numa constante luta intensa contra a pobreza, burocracia e o constante medo de se tornar numa sem-abrigo. A série irá ser contada da perspetiva de Alex e promete fazer uma crítica social à questão da pobreza nos Estados Unidos da América.

Vilar irá interpretar o papel de Yolanda, a dona da empresa Value Maids que acaba por empregar Alex. Determinada e rigorosa na sua linha de trabalho, Yolanda foi capaz de sobreviver numa realidade que nem sempre lhe sorriu. Por sua vez, Burke vai dar vida a Hank, o pai de Alex e o ex-marido de Paula (Andie MacDowell), com quem mantém uma relação muito distante. Hank é um empreiteiro cuja vida e carreira sofreram as consequências do seu alcoolismo e da recessão, mas que conseguiu sobreviver ao virar-se para a religião e para o caminho da sobriedade. Agora ele voltou a casar, é pai de gémeos e recusa-se a abraçar qualquer lado negro do seu passado.

Tracy Vilar e Billy Burke juntam-se a um elenco que, para além de Margaret Qualley e Andie MacDowell, conta ainda com Nick Robinson e Anika Noni Rose. A série encontra-se em produção em Vancouver, não tendo ainda uma data prevista para o seu lançamento na plataforma de streaming Netflix.