A plataforma de streaming da Amazon deu luz verde para a série The Peripheral, a nova produção dos criadores de Westworld, Jonathan Nolan e Lisa Joy.

O drama de ficção científica é baseado no romance best-seller de William Gibson. Tratando-se de uma visão sobre o destino da humanidade, a série acompanha Flynne Fisher, uma mulher inteligente e ambiciosa que tenta reunir os pedaços da sua família esquecida na América.

Também da Amazon, The Power irá contar com a presença de Auliʻi Cravalho (The Little Mermaid Live!) no elenco principal, onde irá contracenar com Leslie Mann.

O thriller, de 10 episódios, é baseado no livro de ficção científica feminista de Naomi Alderman, que faz a adaptação da série, e narra um mundo onde todas as jovens desenvolvem o poder de eletrocutar quem quiserem e quando quiserem. Esta habilidade de magoar ou até matar através de descargas elétricas através dos dedos leva-as a descobrir que pode despertar o poder nas mulheres mais velhas. A partir daí, quase todas as mulheres no mundo o conseguem fazer. E aí tudo muda.

A história acompanha várias personagens, incluindo: Allie, uma vulnerável criança americana para adoção, que se reinventa como líder; Roxy, filha de um chefe do crime de Londres, que se diverte com as novas habilidades; Tunde, uma jornalista da Nigéria, a reportar uma mudança sísmica global; e Margot Cleary-Lopez (Mann), a presidente da câmara de Seattle, esposa e mãe adorada de três filhos.

Cravalho será Jos, filha de Margot. À medida que a carreira de Margot ganha asas, são o marido Rob e a filha que, em particular, sentem os efeitos do seu sucesso de uma forma mais profunda: para um deles, onde antes havia conflito, agora existe um maior entendimento; para o outro, onde havia amor, agora vem a mágoa e a traição.