A RTP2 vai estrear a série holandesa Voos Turbulentos (nome original Vliegende Hollander) no dia 2 de maio às 22h10.

A história, que retrata os primórdios da aviação civil na Holanda, decorre entre 1919 e 1930 e centra-se na relação tempestuosa, mas ao mesmo tempo coesa, entre Albert Plesman, fundador da companhia aérea KLM, e Anthony Fokker, famoso piloto e fabricante de aeronaves. Numa altura em que o mundo tentava recuperar de uma guerra e se encaminhava para um novo conflito, estes dois homens com personalidades opostas uniram-se para estabelecer a aviação civil na Holanda, deixando a sua marca no mundo até aos dias de hoje.

A única coisa que tinham em comum era a paixão por voar; em tudo o resto, Albert e Anthony não poderiam ser mais diferentes. Albert nasceu no seio de uma família humilde e calvinista, era um homem com uma figura imponente, trabalhador e honesto, com um casamento feliz e duradouro. Anthony, por sua vez, era originário de uma família rica, tinha baixa estatura e era conhecido por ser um mulherengo pouco cumpridor de regras.

Realizada por Joram Lursen, a série conta no elenco com: Anniek Pheifer, Daan Schuurmans, Bram Suijker, Mike van Amelsfoort, Fedja van Huêt, Frieda Barnhard e Sanne-Samina Hanssen. A série conta com oito episódios, com duração de 50 minutos, que serão emitidos aos domingos, às 22h10, na RTP2.

O canal continua a apostar nas séries internacionais, sendo que esta semana estreará também a série belga Os Doze Jurados, que acompanha doze cidadãos que são convocados para integrarem o júri do julgamento de um polémico assassinato.