Causa Própria é uma das novas apostas da ficção portuguesa, que irá chegar aos ecrãs nos próximos meses. Criada por Rui Cardoso Martins e Edgar Medina, produzida pela Arquipélago Filmes, a produtora por detrás da série Sul, e com realização de João Nuno Pinto, Causa Própria apresenta-se como uma “série de ficção sobre justiça com uma história original”.

O Séries da TV apurou que Ivo Canelas é um dos nomes do elenco desta nova série, protagonizada pela atriz Margarida Vila-Nova, não se sabendo ainda quaisquer pormenores sobre a personagem que irá interpretar. O ator conta com uma participação na série norte-americana Into the Badlands e em várias produções nacionais como O Mundo Não Acaba Assim, Filha da Lei ou Sul.

A narrativa de Causa Própria vai buscar inspiração às crónicas Levante-se o Réu, um conjunto de textos do escritor, jornalista e argumentista do seu criador, Rui Cardoso Martins, que relata “histórias dos tribunais portugueses, com pessoas reais e crimes verdadeiros”, como se lê na sinopse. Levante-se o Réu era uma crónica do jornal PÚBLICO, onde Rui Cardoso Martins foi jornalista entre 1989 e 2015. Ao longo de quase três décadas, “assistiu a mais de 700 casos de justiça em sessões públicas de tribunal”.

Rui Cardoso Martins e Edgar Medina voltam a trabalhar juntos depois de assinarem o argumento da série Sul, da autoria deste último. Transmitida originalmente pela RTP, Sul está agora disponível no catálogo da HBO Portugal.

Causa Própria é outro título a adicionar à lista de novas produções ficcionais televisivas nacionais que têm surgido em maior número durante os últimos anos. Desde o início de 2020, chegou aos ecrãs mais de uma dezena de séries originais portuguesas.

Beatriz Caetano