This Is Us – 06×06 – Our Little Island Girl: Part 2
| 23 Fev, 2022

[Contém spoilers]

Depois de uma pausa, This Is Us regressa com a segunda parte de Our Little Island Girl, um episódio que se foca em Beth. Embora seja um episódio lento e que não nos leve muito longe, dá-nos exatamente o necessário: pequenas pistas para o longo caminho que aí vem.

Começando pela protagonista deste episódio, e de quem eu gosto tanto, Beth finalmente completa o seu ciclo a nível de storyline. Ainda que ache que possamos voltar a ver pequenos momentos focados em Beth, um terço da temporada já passou e ainda há muito por desenvolver relativamente a outras personagens. Finalmente, encontra o seu trabalho de sonho e, pelos flash-forwards, podemos ver que foi desta e está feliz. Também foi desta que confrontou o seu antigo professor de ballet. Na minha opinião, este momento foi um pouco anticlimático e cliché, pois o professor não pareceu importar-se minimamente com o impacto que teve em Beth, nem com o seu futuro. Ainda assim, foi bom ver Beth tentar ser a professora que ela não teve e não desistir dos alunos que selecionou. Nunca me vou cansar de ver Randall enquanto marido que a apoia incondicionalmente.

Durante o episódio, quer no passado quer no presente, as personagens estão a preparar-se para o dia de Ação de Graças (que chegará no próximo episódio) e momentos interessantes desenrolam-se. Se dermos um saltinho aos flashbacks, temos momentos esperados há já muitas temporadas, como por exemplo a revelação da traição de Kevin. Aqui devo dizer que não achei a atuação dos atores adequada, tendo sido muito seca e artificial. Ainda assim, vimos como acaba a relação épica de Kevin com Sophie, mas também de Sophie com Kate, o que nunca tinha sido ponderado antes. Pelo que vemos no presente, este momento impactou Kate, que ainda hoje tem saudades de Sophie, pelo que aprendeu a não seguir Kevin cegamente. Numa outra nota, por vezes This Is Us faz-nos esquecer que se passam anos entre os flashbacks e o presente e para quem achava que Miguel e Rebecca foram uma coisa de um instante, este episódio pede-nos que nos desenganemos. Rebecca conseguiu colocar Miguel na friendzone com uma grande pinta. Um bom enredo para torcermos todos por ele, o homem que esteve lá para os Pearson e que preparou o jantar de Ação de Graças para o novo namorado de Rebecca.

Por falar em novos namorados, podemos regressar ao presente, onde Kevin tenta apoiar o novo relacionamento de Madison, mas esse apoio apenas se estende até perceber que isso vai impactar o seu dia de Ação de Graças. Ainda que Kevin não compreenda a princípio, vemos realmente uma evolução da personagem, pois consegue processar as novidades e ser profissional e cumprir o seu papel enquanto ator, o que antes poderia ter resultado num mental breakdown. Vemos Kate a tentar explicar o lado de Madison e Kevin compreende e respeita. Adicionalmente, Elijah avisa Kevin que o seu relacionamento com Madison não é algo temporário e que seria bom que Kevin se conformasse com isso e seguisse em frente. Duas coisas aqui. Primeiro, concordo que Madison tenha algo a dizer sobre o dia de Ação de Graças, mas também concordo que este dia e a família sejam mais importantes para Kevin. Kevin tem razão sobre este poder ser o último dia em que a sua mãe está sã, ainda que não possamos viver sempre nesse medo. Todo o argumento de querer criar as suas próprias tradições é válido, mas ninguém se lembra do que fez até aos três anos, por isso acho que Madison acaba por ser um pouco egoísta. Segundo, espero mesmo que Kate voltar a falar com Sophie não seja uma porta para ela voltar.

Como última nota, não posso ignorar toda a tensão entre Kate e Toby e Toby e Kevin. Esta bolha está prestes a rebentar!

Os episódios desta temporada começam a sair semanalmente no canal FOX Life Portugal amanhã às 23h10.

Ana Leandro

Publicidade

Populares

heartstopper

black bird poster

Recomendamos