Classificação

9
Interpretação
8.5
Argumento
8.5
Realização
8
Banda Sonora

[Contém spoilers]

Both Things Can Be True não foi dos meus episódios favoritos de This Is Us como um todo, mas sim um dos melhores desta temporada, pois finalmente várias peças que fomos recebendo se juntaram e conseguimos sentir a história presente a progredir, o que é sempre entusiasmante.

Enquanto Kevin e Madison preparam o seu casamento, temos em paralelo Jack a preparar o pedido de casamento que irá fazer a Rebecca – o elemento que conecta tudo é Miguel. Neste episódio foi possível sentir a tensão entre Nicky e Miguel, visto que quer Nicky queira quer não, Miguel foi para Jack o irmão que ele não conseguiu ser. Foi interessante ver a forma como a questão foi iniciada e resolvida no espaço de um episódio e espero que se abra assim caminho para sabermos mais sobre o passado de Miguel também. Este personagem é uma constante na vida dos Pearson há pelo menos 13 anos e ainda há quem consiga questionar a sua presença. Já nos apaixonamos por William, por Nicky, acho que está na hora de um episódio à altura para Miguel. Obviamente que todos estes sentimentos não são realmente justificados por Miguel, mas sim por remorsos que Nicky ainda carrega. De qualquer das formas, será bom para todos que ele evolua e que fique feliz por participar no casamento de um dos seus sobrinhos.

Neste episódio temos interação entre Toby e Madison, algo que não tem sido muito usual. Um aspeto em que sinto que a série anda a falhar um pouco é em manter a relação Kate/Madison, isto porque a origem de Madison é a sua relação com Kate e não com Kevin. Talvez esta pequena falha seja a razão para eu me ter surpreendido tanto com a interação entre as duas personagens. Foi bom assistir à conversa que tiveram, ainda que seja claro que tal cena só foi incluída para que ambas as personagens pudessem exteriorizar as suas frustrações ao espectador.

Achei realmente bonita a forma como Madison partilhou aquele momento da sua vida com Kevin e tal foi mais do que suficiente para que ele não hesitasse em casar no jardim. Quanto aos segundos finais, em que vemos todos os interesses amorosos passados de Kevin, é claro na cara e no sorriso de todas que o nosso protagonista deixou um impacto positivo na vida de cada uma. Obviamente já há teorias relativamente à cara que Sophie fez. Eu espero mesmo que seja apenas de carinho misturado com nostalgia, não me apetece nada ver um drama pré-casamento.

Já Toby não está feliz a ser um pai que fica em casa o dia inteiro com os filhos. Também não desabafa com Kate sobre o assunto porque ela parece estar feliz no seu novo trabalho. Esta storyline é de todas a mais aborrecida. Não sei bem onde é que isto vai dar, teremos de esperar para ver.

Indo agora para a última casa, a de Randall, mais uma vez This Is Us faz das suas. Desta vez lentamente, mas é impossível não começarmos a nutrir um carinho imenso pela mãe de Beth. Julgo que a série tem feito um bom trabalho com Beth relativamente à forma como ela é confrontada com os seus ideais e com aquilo a que está habituada. Ainda assim, só vejo Tess a reclamar com Beth e com Randall… nem por isso. Obviamente que se uma pessoa não está presente não pode falhar, não é? Julgo que esta storyline tem muito potencial para desconstruir estereótipos que ainda possam existir relativamente à comunidade LGBTQ+. A ver se será recorrente…

Peço, claro, que não me leves a mal. Randall não estava presente porque estava numa sessão de terapia para pessoas de cor que foram adotadas por famílias brancas. Toda esta cena deixou ambiguidade no ar. Por um lado, acho que Randall percebeu que embora a sua família tenha falhado em respetivos aspetos, há muitas pessoas que passaram por bem pior – acho que ele não partilhou a sua história por essa mesma razão. Obviamente isso não invalida os seus sentimentos, mas ainda assim na forma como as cenas da terapia e os flashbacks foram montados, sinto que ele é grato acima de tudo pela sua família e que nunca desejaria não ter sido adotado. Por isso, acho que toda a viagem de autoconhecimento de Randall, despoletada pela sua história familiar invulgar, está a chegar ao fim. E devo dizer que estou feliz.

Por fim, achei que este episódio lançou também o tom do resto da temporada. O próximo episódio vai ser a tão aguardada conversa entre Randall e Kevin e a temporada, provavelmente, culminará no casamento de Kevin e Madison e, claro, em informações adicionais sobre o futuro. Mal posso esperar, estamos a entrar na reta final!

O próximo episódio estará disponível na FOX Life Portugal no dia 15 de abril, pelas 23h10.

Ana Leandro