Classificação

8
Interpretação
6
Argumento
7
Realização
7
Banda Sonora

[Contém spoilers]

As minhas reviews da 5.ª temporada de This Is Us têm sido marcadas por um descontentamento geral em relação à storyline da mãe de Randall. No entanto, visto que Birth Mother é dedicado na totalidade a esta personagem, tenho de colocar esse julgamento prévio de lado para poder olhar com outros olhos para o episódio. Ainda assim, não deixa de ser extremamente cliché e um tanto forçado.

Conhecemos finalmente a história de Laurel e, com ela, a de Hai, um refugiado vietnamita pelo qual ela se apaixona. Embora o romance dos dois seja bem fofinho, quando entramos no campo relacionado com William e Randall, não consigo perceber certas escolhas feitas. Mesmo depois de ter sido presa e, posteriormente, ter sido libertada, não foi procurar o seu filho. Mesmo que achasse que não o merecia, faz pouco sentido, pois ela não sabe que William deixou Randall no Posto dos Bombeiros. Ou seja, ela e William estavam a passar por uma fase complicada da vida, mas juntos. Lá que ele tenha ido embora e ela não soubesse do seu paradeiro e que o tivesse tentado procurar sem resultados, talvez aceitasse. Agora assim, é-me difícil crer neste enredo.

Mesmo tendo achado a cena no lago bonita e terapêutica para Randall, o facto de este visualizar a sua mãe foi muito desnecessário, e ela dizer que o ama em vietnamita é só esquisito. Nem ela nem William são vietnamitas e foi do amor deles que Randall nasceu. O que deveremos retirar do discurso do fantasma de Laurel? Que Randall deve ver em Hai um novo familiar? Que deve ir atrás de uma parte da sua identidade que nunca teve?

Não tenho muito mais a dizer, exceto que Beth permanece a minha personagem favorita e que sabe apoiar Randall como ninguém. Espero que lhe atribuam mais protagonismo ao longo da temporada, porque até agora ela tem sido apenas a mulher de Randall, quando já teve um emprego fixo, um estúdio de dança, problemas familiares, etc..

Uma coisa parece certa, este episódio e o anterior permitiram a Randall e Kate, respetivamente, encontrarem a paz com o seu passado e com a sua identidade. A cena em que Randall está com Beth no carro de regresso a casa é, sem dúvida, linda e necessária. Além de que nos deixa curiosos para o próximo episódio, visto que poderia haver uma reconciliação entre Randall e Kevin bem próxima, que, provavelmente, terá de ser adiada. O próximo episódio estreia dia 21 de janeiro na FOX Portugal.

Ana Leandro