A Lista – 01×01 – Episódio 1
| 29 Set, 2021

[Não contém spoilers]

A ficção televisiva portuguesa continua a inovar e foi a 24 de setembro que estreou o primeiro episódio de A Lista, o novo drama juvenil que está atualmente em exibição na plataforma OPTO.

A nova série de ficção nacional segue um grupo de jovens que é forçado a juntar-se após a inesperada morte de Patrícia (Carolina Loureiro) numa festa. Estes amigos em comum de Patrícia descobrem que a jovem lhes deixou um pote com mensagens e origamis, pedindo-lhes que realizem por si todos os sonhos que foram deixados nos papéis. Confusos, mas não querendo desapontar o desejo da amiga, juntam-se para os concretizar. No entanto, o grupo de amigos – Alice (Júlia Palha), Bruno (Luís Garcia), Paulo (Luís Ganito), Sérgio (Rodrigo Trindade) e Micaela (Bruna Quintas) – acaba por descobrir mais sobre a vida de Patrícia do que estavam à espera.

É conveniente referir que A Lista foi inspirada no filme The Big Chill (1983) e este é um ponto importante para falar do que menos gostei neste primeiro episódio: a cópia do género. É completamente normal que uma série inserida no género de mistério adolescente/jovem adulto vá seguir certos moldes de narrativa, sendo um dos géneros mais populares na televisão. E é ótimo que a ficção nacional esteja a explorar mais narrativas além do que já estamos habituados. No entanto, confesso que me pareceu um pouco uma imitação muito literal de várias séries americanas do género, incluindo nos diálogos que não me soaram genuínos, por não parecem sair da boca de um jovem português. O melhor de um género é haver um molde que pode ser adaptado a fatores específicos, neste caso a cultura, e penso que a série teria beneficiado imenso se tivesse aproveitado esta vantagem.

É uma série que consegue, contudo, cativar muito bem a sua audiência. O mistério do que escondem os papéis e como é que os amigos vão concretizar estes desejos é uma estratégia perfeita para colar o espectador ao ecrã, principalmente com episódios semanais. O facto de ter episódios curtos e misturar o mistério com momentos mais leves é também uma mais valia, pois motiva o interesse das pessoas nas personagens e na resolução do mistério.

Para terminar, e como digo sempre, ainda bem que mais produções estão a ser feitas a nível nacional e é muito interessante ver explorados novos géneros em televisão. A Lista irá certamente intrigar a audiência a ver os episódios disponíveis na plataforma OPTO até ao fim da temporada.

Ana Oliveira

Publicidade

Populares

a league of their own

Recomendamos