Once Upon a Time – 05×19 – Sisters
| 29 Abr, 2016

Publicidade

Once Upon a Time tem usado o seu tempo no Submundo surpreendentemente bem. Apesar de a trama principal estar ainda meio tremida, parecendo que os produtores nem sabiam muito bem que rumo dar à história, a secundária é bastante forte. Simplesmente porque estão a valorizar a parte mais importante da série, a família. Colocaram Emma e os pais de parte e deixaram outras personagens brilhar.

Regina e Zelena têm uma relação complicada até dizer chega. E a culpada é a mulher do costume, Cora. Abandonou Zelena por puro egoísmo e, se isso não fosse mau o suficiente, separou-a da família anos depois.

Hoje começo pelos flashbacks porque foram os melhores que já tivemos nesta metade da temporada. Descobrimos que Regina (quando ouvi Cora chamar à miúda Regina apercebi-me que um dos maiores crimes de Cora foi ter chamado à filha Regina) e Zelena se conheceram em crianças e eram tudo aquilo que as irmãs deviam ser. Adoráveis… e amigas. Separar as irmãs foi uma manobra muito típica de Cora e uma das mais cruéis. Terei sido a única a derramar uma lágrima quando Zelena e Regina gritaram uma pela outra enquanto os guardas arrastavam a futura Bruxa Má do Oeste da sala?!

Eu DETESTO Cora. Ela arruinou a vida de Regina vezes e vezes sem conta. Matou Daniel, sempre a incentivou a isolar-se e a dizer-lhe que não precisava de ninguém no mundo. O bullying chegou ao ponto de Regina tomar uma poção para ficar estéril para a mãe não poder usar nenhum dos seus filhos. Portanto, o final dela chateou-me um bocado. A bruxa enganou Zelena mais uma vez e convenceu MAIS UMA VEZ Regina a usar meios moralmente questionáveis para Zelena não ficar com Hades. Pensei que Regina já não fosse ingénua no que tocava à mãe. Claro que aquilo não ia resultar. Regina já devia conhecer um bocadinho a irmã. Nunca na vida Zelena iria aceitar de braços abertos Cora sem suspeitar de algum truque na manga.

Mas no final, tudo acabou estranhamente bem. Ela “juntou” as filhas e redimiu-se depois de tudo o que lhes fez? Regina passou temporadas a redimir-se. Zelena para lá caminha. Cora fê-lo em cinco minutos. E era bem pior do que as duas filhas juntas. Se eu fosse elas tinha-a atirado para o rio das almas perdidas… Merecia-o mais do que James.

E se a história das manas resultou bastante bem, o mesmo não se pode dizer dos gémeos desencontrados. James é uma pessoa cujo único trato é invejar David e a vida que o irmão lhe roubou. (Ah, e parece impossível que não tenham tido a decência de fazer uma cena entre os dois irmãos em que não tenham usado um duplo. Até Friends fez melhor do que eles há quinze anos atrás.)

A troca de David por James não me surpreendeu, mas esperava que tivesse durado mais tempo. James não aguentou muito tempo no lugar do irmão. O que mais me irritou é eles terem passado logo para a porrada em vez de tentarem conversar. E estão a usar o rio das almas perdidas cada vez com mais frequência. Tenho pena que James tenha partido tão cedo e sem oportunidade de resolver as coisas com o irmão, mas Horowitz e Kitsis acharam que eles não mereciam a mesma oportunidade que Zelena e Regina. Dar uma história a sério a David? Pffff, nem pensar, ele continuará a ser o cãozinho atrás da mulher e da filha e a ter quase zero interesse e importância para a história.

A única coisa que parece ter consequências interessantes é Cruella. Ri-me muito quando ela deu um estalo a Emma por a ter morto. Eu teria dado um estalo a Emma por ser uma bebé chorona oitenta por cento do tempo, mas resultou na mesma para mim. E agora que magicará ela para se vingar de David por ter atirado o seu querido Jimmy para o rio?

Peter Pan! Peter Pan! Adoro quando ele volta para fazer estragos. Eu gosto bastante de Zelena (cada vez mais), mas não posso dizer que não mereça aquele pequeno rapto depois daquilo que fez a Rumple na terceira temporada. E se realmente Hades está assim tão apaixonado por Zelena, qual a melhor maneira de fazer o Deus dos Mortos rasgar o contrato? Usar o amor da sua vida como moeda de troca. Fácil. Só que eu acho que Hades não é assim tão honesto quanto aparenta. Cheira-me que Zelena (que parece gostar realmente dele) vai sair daqui com o coração partido. Ou não conseguir redimir o amado como pensa.

Resumidamente, Once Upon a Time continua num bom caminho. No entanto, faltam quatro episódios para a temporada acabar e ainda andamos meio perdidos e sem nenhuma pista de como eles pensam resolver esta trapalhada toda.

Maria Sofia Santos

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

Clãs da Galiza Clanes Netflix

Recomendamos