A aclamada série, Pose, vai terminar na 3.ª temporada, cuja estreia está marcada para 2 de maio, no FX. O anúncio foi feito pelos criadores da série, Ryan Murphy, Brad Falchuk e Steven Canals.

“A história de Pose pode terminar em 1996, mas o seu impacto vai manter-se para sempre,” disse, em comunicado Ryan Murphy, em relação ao final da série.

Pose começa a sua história em 1986 e explora o alinhamento entre vários segmentos da vida e da sociedade de Nova Iorque, da emergência do luxo e da ostentação, ao crescimento de um afincado panorama intelectual e cultural na cidade.

Na última temporada, a narrativa chega a 1994 e o ballroom é apenas uma memória distante para Blanca (Mj Rodriguez), que luta para conjugar a vida de mãe com a vida amorosa e o seu trabalho como auxiliar de enfermagem. Entretanto, com a SIDA a ser uma das principais causas de morte para os americanos de idades entre os 25 e 44, Pray Tell (Billy Porter) tem de lidar com problemas de saúde inesperados.

Desde a estreia, em 2018, Pose tem obtido nomeações e arrecadado prémios, incluindo um Emmy Award para Billy Porter, na categoria de Melhor Ator em Série de Drama. Para além disso, a série tem sido pioneira em vários aspetos, como o facto de ter a primeira mulher transgénero não caucasiana a ser contratada para uma série como produtora, argumentista e realizadora. E ainda, a série entra para a história da televisão ao apresentar um elenco com o maior número de atrizes transgénero com papéis regulares, incluindo Mj Rodriguez, Dominique Jackson, Indya Moore, Hailie Sahar e Angelica Ross, bem como o elenco com maior número de atores LGBTQ+ de sempre.

A última temporada de Pose terá sete episódios, estando o final previsto para 6 de junho, no FX. Por cá, a série está disponível na Netflix e na HBO Portugal.