A série dinamarquesa de Lars Von Trier, The Kingdom (título original Riget), foi renovada para 3.ª e última temporada, mais de vinte anos depois do fim da emissão da segunda.

The Kingdom foi criada pelo conhecido realizador dinamarquês que conta no currículo com filmes como Nymphomaniac, Melancholia, Antichrist e Dancer in the Dark, e esteve no ar entre 1994 e 1997, tendo lançado duas temporadas. Estava previsto que a série alcançasse a 3.ª temporada, mas isso acabou por nunca acontecer, em parte devido às mortes de dois membros-chave do elenco, Ernst-Hugo Järegård e Kirsten Rolffes. A trama passa-se na ala de neurocirurgia do Rigshospitalet, aquele que é considerado o principal hospital da Dinamarca. O Riget, como é conhecido, localiza-se na capital do país, Copenhaga, e traz-nos a história de um leque de personagens, profissionais e pacientes do hospital, à medida que lidam com fenómenos bizarros, tanto em termos humanos como sobrenaturais.

A 3.ª temporada, que vai ter como subtítulo Exodus, vai então acontecer em breve, estando as filmagens dos cinco episódios previstas para 2021. Von Trier torna a assumir o cargo de argumentista e vai também realizar os cinco episódios de The Kingdom. Ainda não se sabem detalhes sobre o enredo, mas espera-se que “explore histórias não resolvidas do hospital, bem como reacenda antigas disputas entre suecos e dinamarqueses”.

As duas primeiras temporadas da série tiveram direito a uma versão americana, Kingdom Hospital, em 2004, da autoria de Stephen King, autor cujos livros têm resultado numa série de adaptações televisivas nos últimos anos, entre elas Under the Dome, 11/22/63, Mr. Mercedes, The Stand e Castle Rock.