A série Brave New World foi cancelada pelo serviço de streaming Peacock, ao fim de uma temporada. Ao que tudo indica, a Universal Cable Productions está a desenvolver esforços para vender a série a nível internacional, mas ainda está por confirmar se a obtenção de um novo parceiro resultará numa 2.ª temporada de Brave New World.

Baseada num livro, com o mesmo nome, da autoria do britânico Aldous Huxley e escrito em 1932, a série retrata uma sociedade utópica onde aparentemente se alcançou o nível de perfeição em termos da existência humana. Não há História, não há monogamia, família, dinheiro ou privacidade. No centro da trama estão Bernard Marx (Harry Lloyd) e Lenina Crowne (Jessica Brown Findlay), cidadãos de Nova Londres, que vivem neste novo regime, submersos numa cultura de gratificação instantânea e relações sexuais omnipresentes, controlados por um medicamento perfeito chamado Soma. Curiosos para explorar a vida para lá desta sociedade utópica, viajam para as Terras Selvagens, onde encaram uma rebelião violenta tendo de ser salvos por John (Alden Ehrenreich). Decidem voltar para Nova Londres juntos, mas a chegada de John ameaça destabilizar esta rígida sociedade utópica e complicar as vidas de Bernard e Lenina, levando a que desenvolvam uma relação difícil que os desperta para os perigos do seu próprio condicionamento.

Brave New World estreou na Peacock em julho, mas está também disponível na HBO Portugal.