O spin-off que seria uma prequela do sucesso da HBO, Game of Thrones, realizado por Jane Goldman e protagonizado por Naomi Watts, não recebeu luz verde pela emissora. Após assistir ao piloto durante o verão, a HBO não ficou entusiasmada com os resultados. Embora o canal tenha dado a oportunidade para a equipa de Goldman fazer alterações, estas não foram o esperado, o que levou a HBO a colocar o spin-off completamente de lado.

De acordo com pessoas que estavam por dentro do projeto, o piloto revelou-se “problemático” desde o início, marcado por excedentes no orçamento, numerosos problemas a nível de pessoal e inúmeras diferenças criativas.

Para compensar, o canal encomendou outro spin-off de Game of Thrones, intitulado House of the Dragon. A série, com dez episódios, é co-criada por George R.R. Martin e Ryan Condal e terá Miguel Sapochnik e Condal como showrunners. Sapochnik também vai sentar-se na cadeira de realizador, enquanto Condal vai ficar responsável pelo argumento.

O livro complementar de George R.R. Martin, Fire & Blood, serve como modelo para a nova série, que decorre 300 anos antes da série original, descrevendo o começo do fim para a Casa Targaryen.

Relembramos que ainda existem três possíveis spin-offs de Game of Thrones em diferentes fases de desenvolvimento, na HBO.