A Netflix anunciou que o ator Jaden Michael (The Get Down) será protagonista na série Colin in Black & White, ao interpretar a versão mais jovem, nos tempos do liceu, do quarterback Colin Kaepernick.

Anunciada há quatro meses, depois de Kaepernick e Ava DuVernay (When They See Us) se terem aliado para fazer com que Colin In Black & White acontecesse, a série terá seis episódios e tem como objetivo explorar o início da vida do jogador de futebol americano. Iremos descobrir como foi a vida para este menino negro a crescer no seio de uma família branca que o adotou e seguir a sua jornada para se tornar um grande quarterback enquanto definia a sua própria identidade. A série explorará também os motivos que o levaram a tornar-se um defensor dos direitos civis.

Até à data, Kaepernick jogou seis temporadas na NFL, na equipa dos San Francisco 49ers, estabelecendo vários recordes e recebendo inúmeros elogios. Em 2016, recebeu atenção mundial quando começou a ajoelhar-se durante o hino nacional antes dos jogos em protesto contra a brutalidade policial e o racismo sistémico na América. Após o final da temporada, Kaepernick tornou-se um agente livre e não assinou por qualquer outra equipa da NFL. Entrou com um processo contra a liga, alegando que estavam a ser reunidos esforços para o impedir de jogar, antes de chegar a um acordo com a NFL em 2019. Continua sem um contrato que o associe a uma equipa específica, mas é alvo regular de chamadas para algumas equipas que o procuram quando precisam de um quarterback.