A última série do universo CSI terminou em 2016 e tudo indicava que esse seria o ponto final no franchise. Contudo, em fevereiro de 2020 surgiram rumores de que a CBS, a casa do drama policial e de todos os que lhe sucederam, estaria a preparar uma sequela da série-mãe. Agora é oficial: CSI vai regressar aos ecrãs e terá uma vez mais como pano de fundo a cidade do pecado.

A CBS vai avançar com CSI: Vegas, conseguindo assim o franchise um novo capítulo para a sua história, tendo lugar em Las Vegas, onde tudo começou. Para enfrentar uma crise que pode acabar com o laboratório criminal, uma equipa brilhante de investigadores forenses dá as boas-vindas a amigos de longa data e utiliza novas técnicas para preservar e trazer justiça para a chamada Sin City (cidade do pecado).

Quanto aos atores, sabe-se que a série terá novamente William Petersen e Jorja Fox como protagonistas, que darão continuidade aos seus papéis como Gil Grissom e Sara Slide, respetivamente. Adicionalmente, Wallace Langham retomará o seu papel como David Hodges. Paula Newsome (Chicago Med), Matt Lauria (Kingdom), Mel Rodriguez (Last Man on Earth) e Mandeep Dhillon (After Life) são as novas caras da equipa de investigadores forenses.

Apesar de a CBS não ter confirmado quais os papéis das novas adições à família CSI, o Deadline avança que Paula Newsome irá dar vida a Maxine, a nova chefe do laboratório criminal de Las Vegas; Matt Lauria será Josh, um CSI experiente, habituado a ser o investigador principal e com bastante habilidade para a reconstrução de cenas de crime; Mel Rodriguez interpretará Hugo, o médico-legista, que ocupou o cargo de chefe do seu departamento há três anos; e Mandeep Dhillon será Allie, uma jovem CSI, que imigrou para Las Vegas para seguir os seus sonhos.

CSI foi a série mais vista no mundo inteiro durante sete anos seguidos, entre 2006 e 2016. Lançada a 6 de outubro de 2000, a ideia inicial para esta continuação televisiva era um lançamento na mesma altura, em 2020, quando a série completaria 20 anos desde a estreia. Contudo, devido à pandemia caudada pelo novo coronavírus, os planos tiveram de ser alterados. Ainda sem uma data de estreia prevista, Jerry Bruckheimer, o criador do franchise, revela-se entusiasmado por trazer novamente este universo à televisão e por regressar a Las vegas.

Passados 21 anos da sua criação, CSI volta a ter uma nova série, depois dos sucessos de CSI: Miami, CSI: New York e CSI: Cyber.