Netflix encomenda reboot de Heartbreak High
| 08 Dez, 2020

A Netflix irá desenvolver um reboot do drama adolescente australiano Heartbreak High, em resultado de um acordo com a Freemantle Australia.

Heartbreak High estreou em 1994 na Network Ten e durou sete temporadas, terminando em 1999. A série era centrada nas vidas de um grupo de estudantes que frequentavam um liceu fictício, o Hartley High School, em Sidney e abordava temas como drogas, romance, religião e desalojamento, sendo sempre valorizada por tocar em assuntos complicados.

Este drama adolescente ajudou a lançar a carreira de atores como Simon Baker, conhecido por protagonizar The Mentalist, e Callan Mulvey, que participou no filme Captain America: The Winter Soldier.

A Freemante irá coproduzir o reboot com a NewBe, uma produtora holandesa que adquiriu os direitos da série de Brian Abel, parceiro do falecido Ben Gannon, sendo que este último era um dos produtores da série original. Chris Oliver-Taylor e Carly Heaton serão produtores executivos por parte da Freemantle, ao lado do fundador e diretor da NewBe, Jeroen Koopman, que também será produtor executivo.

A diretora de originais da Netflix australiana, Que Minh Luu, afirmou que o “rebelde” drama juvenil já merecia voltar ao ecrã. Adicionou também que “o novo Heartbreak High é para os jovens de hoje na Austrália se sentirem vistos, mostrando as suas histórias, sentido de humor e estética ao mundo, e lembrando a todos que são muito mais fixes que nós. Também é para os miúdos dos anos 90, fãs da série original que se lembram de como é sentir-se compreendido por uma série de televisão”.

A Netflix prevê que o reboot de Heartbreak High estreie em 2022.

Publicidade

Populares

she hulk poster

Recomendamos