Depois do anúncio de várias novidades de elenco, o reboot da série Gossip Girl vai ter a sua estreia na plataforma de streaming HBO Max a partir de julho. A informação foi confirmada na conta de Twitter oficial da adaptação, no dia 28, a última quarta-feira.

A primeira temporada contará com dez episódios introdutórios de “um novo grupo de adolescentes atraentes que frequentam as escolas privadas de Manhattan, sob o olhar todo poderoso da Gossip Girl”. Entretanto, esta aposta também pretende abordar “as grandes mudanças que as redes sociais e a própria paisagem de Nova Iorque sofreram” ao longo dos anos, desde o final da série original, em 2012.

Esta versão mais atualizada será protagonizada por atores como Emily Alyn Lind, Thomas Doherty, Tavi Gevinson, Adam Chanler-Berat e Zion Moreno, Whitney Peak, Eli Brown e Johnathan Fernandez.

O veterano dos palcos da Broadway Jason Gotay (Love Life) também integra o elenco, assim como Kristen Bell (The Good Place) que irá emprestar uma voz familiar à narradora omnisciente e dona do blogue Gossip Girl, num regresso face ao formato original.

Em novembro de 2019, o showrunner Joshua Safran – produtor executivo e guionista do drama emitido pela The CW entre 2007 e 2012 – já havia desvendado que esta reimaginação de Gossip Girl iria refletir com mais afinco a diversidade nova-iorquina. Segundo Safran, “desta vez os protagonistas não são caucasianos” e “haverá muito conteúdo ligado à homossexualidade”. O reboot “lida com a forma como o mundo é atualmente, com a origem e a maneira como interagimos com as noções de riqueza e o privilégio”, conclui.

Os criadores da série original Josh Schwartz e Stephanie Savage juntam-se à equipa atrás das câmaras, na qualidade de produtores executivos.