A minissérie francesa La Forêt (A Floresta) tem estreia agendada para o próximo dia 1 de março e irá ocupar os serões da RTP2, a partir das 22h10, de segunda a sexta-feira. O projeto conta com um total de seis episódios, tratando-se de uma drama policial misterioso e intenso que promete prender os espectadores ao pequeno ecrã do primeiro ao último segundo.

Tendo como pano de fundo uma pequena comunidade na floresta das Ardenas –  região de colinas montanhosas partilhada sobretudo pela Bélgica e Luxemburgo -, a trama pretende desvendar um mapa de segredos perturbadores que, por sua vez, desencadeiam a investigação policial central ao enredo.

Apesar da tranquilidade da zona, uma adolescente de 16 anos chamada Jennifer desaparece nessa floresta densa, em plena noite, depois de telefonar à sua professora de francês, Eve Mendel (interpretada pela atriz Alexia Barlier). Gaspard Deker (encarnado pelo ator Samuel Labarthe), o novo chefe da polícia, ex-militar e pai solteiro, fica encarregue de liderar a investigação juntamente com a agente Virginie Musso (Suzanne Clément). A dupla recorre à ajuda da professora, mas esta é descrita como uma jovem solitária, com um passado ambíguo e que também chegou a ser encontrada em pequena pelo médico da aldeia no meio da floresta, sem qualquer recordação do que se tinha passado.

Cerca de 20 anos mais tarde, o paradeiro de outros dois alunos é desconhecido e os protagonistas da história questionam-se se os acontecimentos do passado estão a repetir-se. É neste equilíbrio entre um passado sombrio e uma nova investigação que os segredos da vila vêm à tona. Focados em descobrir os factos, bem como em reconstruir as circunstâncias dos desaparecimentos, os  agentes começam a desenrolar uma teia peculiar de acontecimentos.

La Forêt estreou originalmente a 30 de maio de 2017, no canal belga La Une, e a 21 de novembro desse mesmo ano na France 3. Posteriormente, em julho de 2018, foi adquirida pela Netflix e está disponível para visualização na plataforma de streaming. É uma criação de Delinda Jacobs, mas a realização dos seis episódios tem a assinatura de Julius Berg.