Para muitos, os reality shows são ‘lixo televisivo’. Sinceramente não sou muito fã (embora já tenha visto alguns ao longo dos anos, principalmente na infância e na adolescência), mas acho que gostar destes programas é tão legítimo como gostar de outra coisa qualquer, até porque gostos não se discutem. Para muitas pessoas que sonham aparecer na televisão é uma plataforma de entrada para a fama – mesmo que seja só por um bocadinho – e para outras é o primeiro passo que as leva para outros formatos do pequeno ecrã. Como já devem estar a adivinhar, hoje vou apresentar-vos dez atores e atrizes do mundo das séries que passaram por reality shows. Nalguns dos casos trata-se daquele típico formato à volta do quotidiano de um grupo de pessoas, mas outros envolvem características diferentes.

[Na maioria dos casos há vídeos – que podem ver através das hiperligações – da participação dos atores nos reality shows, mas noutros só foi possível arranjar fotos]

 

Analeigh Tipton: A carreira da atriz ainda não é muito extensa, mas Analeigh protagonizou, juntamente com Jake McDorman, a série Manhattan Love Story. Recentemente, num papel mais pequeno, pudemos vê-la em Why Women Kill. No entanto, Analeigh estreou-se em televisão enquanto concorrente de America’s Next Top Model, uma competição (que em Portugal pode ser vista na Sic Mulher) em que várias jovens lutam pelo título que dá nome ao programa e por uma oportunidade de fazerem carreira na indústria da moda. Então com 20 anos, Analeigh participou na 11.ª temporada, em 2008, e conquistou o 3.º lugar. Pouco antes do final da competição, Tipton participou num episódio de The Big Bang Theory.

David Giuntoli: O protagonista de Grimm tem um bom historial em reality shows. Não do género Big Brother, mas lembram-se das competições que davam na MTV? Pois bem, David entrou em duas: na 7.ª temporada de The Challenge (também conhecida como Real World/Road Rules Challenge: The Gauntlet) e na 12.ª temporada de Road Rules, com o subtítulo South Pacific. As duas têm um formato semelhante, com vários participantes a terem de completar missões para avançar na competição, mas Road Rules tem a particularidade de colocar os seus participantes em autocaravanas, enquanto viajam de um lado para outro. Esta incursão de David pelos reality shows ocorreu em 2003 e valeu-lhe a vitória em The Challenge. A carreira no mundo da representação começou em 2007, com pequenas participações em séries como Ghost Whisperer e Veronica Mars. A MTV Portugal emitiu várias temporadas do franchise, numa altura em que se dedicava mais a este tipo de programação do que propriamente à música.

Jacinda Barrett: Tal como Giuntoli, também Jacinda fez parte do franchise de Real World, tendo participado na 4.ª temporada da série, passada em Notting Hill, Londres, decorria o ano de 1995. O conceito é simples: um grupo de estranhos a viverem juntos durante uns meses enquanto as suas vidas são filmadas. Jacinda (de casaco vermelho na foto) era modelo profissional desde os 14 anos e tinha deixado o seu país natal, a Austrália, aos 17. Com Real World: London deu o salto para a televisão, mas só viria a estrear-se como atriz em 1997, no filme Campfire Tales. No mundo das séries ficou conhecida por ter integrado o elenco principal de Zero Hour e Bloodline.

Jackie Cruz: A atriz de Orange Is the New Black ainda tem uma carreira curtinha, mas contrariamente aos anteriores nomes desta lista, Jackie não se estreou em televisão num reality show, mas sim num episódio de The Shield, em 2007. Jackie apareceu em Kourtney & Khloé Take Miami (que depois passou a chamar-se Kourtney & Kim Take Miami), um spin-off de Keeping Up With the Kardashians, reality show que celebrizou o clã Kardashian/Jenner. O mais provável é que já tenham ouvido falar, mas se não conhecem fiquem a saber que se trata de uma família de milionários a fazer coisas de gente rica. O spin-off centra-se nas irmãs Kardashians enquanto expandem o seu negócio e abrem uma nova boutique. Como é que Jackie entra aqui em cena? Porque frequentou uma aula de artes, onde conheceu Kourtney. Cá em Portugal, podem encontrar este reality show no canal E!.

Jamie Chung: A terceira (e última) desta lista a ter entrado no franchise de The Real World é Jamie. Tal como Giuntoli, também ela entrou em dois programas diferentes: a 14.ª temporada de The Real Word, passada em San Diego, em 2004 – há outra temporada passada na mesma cidade, mas em 2011 – e Real World/Road Rules Challenge: The Inferno II (2005), 10.ª temporada de The Challenge. Nesta última, passada no México, os concorrentes eram agrupados em duas equipas diferentes, os Good Guys, de Jamie, que se sagraram vencedores, e os Bad Asses. Quanto a The Real World: San Diego, esta ficou manchada por uma queixa de agressão sexual na casa. Nem a alegada vítima nem o alegado agressor seriam concorrentes do programa, mas houve uma investigação policial que, devido à falta de provas, não resultou em acusações. A carreira de Jamie como atriz arrancaria nos anos seguintes, aos poucos, e com Samurai Girl chegaria o primeiro papel de destaque. Mais conhecida torná-la-iam séries como Once Upon a Time, Gotham e, especialmente, The Gifted.

Jon Hamm: Há mais de 20 anos, Jon participou em The Big Date, um programa de encontros. O conceito envolve uma pessoa solteira, homem ou mulher, a ter de escolher entre três opções do sexo oposto. Há uma série de apresentações, depois perguntas e respostas, confesso que não me esforcei muito por explorar o processo, mas todos sabemos como funcionam estas coisas. Alguém é escolhido, os outros vão para casa desiludidos… Sei que Jon se tornou uma espécie de ícone, mas olhem que com 25 anos era bem mais giro! Discordo completamente dos comentários no YouTube a dizer que ele envelheceu como um bom vinho. Mas voltando ao que nos trouxe até aqui, esta participação de Hamm em The Big Date ocorreu em 1996 e a julgar pelo tempo em que o programa esteve no ar, cerca de um ano, não deve ter tido muito sucesso. Jon também não fez lá muito sucesso, mas entretanto ganhou dois Golden Globes e um Emmy pelo seu papel de Don Draper em Mad Men.

 

Laverne Cox: Tal como Jackie, colega de elenco em Orange Is the New Black, Laverne já tinha feitos alguns trabalhos no mundo da representação antes de ter entrado em reality shows. Em 2008, concorreu na 1.ª temporada de I Want to Work For Diddy, programa em que várias pessoas disputavam um lugar como assistente do rapper P. Diddy. Laverne foi eliminada da competição no episódio 6 de um total de 10, mas ainda assim tornou-se parte da história televisiva, tendo sido a primeira mulher transgénero afro-americana a aparecer num reality show. Laverne manteve-se ativa na sua carreira na representação, mas a visibilidade que conseguiu em I Want to Work For Diddy deu-lhe a possibilidade de, em 2010, voltar ao canal VH1, onde se tornou um dos rostos de TRANSform Me, da qual foi também uma das criadoras e produtoras. Laverne, juntamente com Jamie Clayton e Nina Poon, viajava pelo país com a missão de ajudar mulheres com uma mudança de visual. Assim, Cox alcança mais um marco, tornando-se novamente a primeira mulher transgénero afro-americana a produzir e protagonizar o seu próprio programa. TRANSform Me, tal como I Want to Work For Diddy, foi nomeada aos prémios GLAAD na categoria de melhor reality show. Foi com o papel de Sophia Burset em Orange Is the New Black que Laverne se tornou uma cara bem conhecida do público, mas a sua carreira já estava marcada por vários acontecimentos importantes no caminho pela diversidade. Parece que os reality shows já fizeram mais do que apenas dar a conhecer umas carinhas bonitas!

Matt Lanter: O ator que ficou conhecido por papéis em 90210 e Timeless iniciou a sua carreira em televisão numa competição intitulada Manhunt: The Search For America’s Most Gorgeous Male Model, na qual vinte jovens, todos do sexo masculino, competiam por um contrato de 100 mil dólares com a IMG Models, por quatro anos. O conceito do programa é semelhante ao de America’s Next Top Model, mas este, que também foi criado por Tyra Banks, não gozou do mesmo sucesso e esteve no ar apenas durante uma temporada. Matt, então com 21 anos, não ganhou nem ficou num dos primeiros lugares, mas tornou-se, sem dúvida, no mais conhecido dos concorrentes. O programa foi para o ar em 2004, na Bravo, durou oito episódios e teve apresentação de Carmen Electra.

NeNe Leakes: Apesar de ter feito carreira como atriz em séries como Glee e The New Normal, o percurso profissional de NeNe tem sido feito, sobretudo, de reality tv. NeNe teve participações em inúmeros destes formatos, mas há três em que se destacou ao longo dos anos: The Real Housewives of Atlanta, I Dream of NeNe: The Wedding e The Celebrity Apprentice. The Real Housewives of Atlanta faz parte de um franchise que começou em 2006, com The Real Housewives of Orange County, e que passou para locais tão distintos como Nova Iorque, New Jersey, D.C., Beverly Hills, Miami, Potomac, Dallas, Salt Lake City e, claro, Atlanta. Só que aqui cada localidade corresponde a um novo programa e não a uma temporada distinta. Vários destes reality shows ultrapassaram as dez temporadas cada. O sucesso ultrapassou os Estados Unidos e foram feitas versões em vários países, sendo que na Austrália já há duas, uma passada em Sydney e outra em Melbourne. Acho que o título nos esclarece bem acerca daquilo que podemos esperar, portanto não vou alongar-me por aí. NeNe é uma das principais figuras da versão de Atlanta, que já conta com 12 temporadas. Como se o império deste reality show de donas de casa (serão desesperadas?) ricas não fosse já suficientemente vasto, houve direito a spin-offs, um deles protagonizado por Leakes. I Dream of NeNe: The Wedding leva os espectadores até um novo momento na vida de NeNe, que vai casar novamente com Gregg Leakes, depois de se terem divorciado. Os sete episódios levam-nos então pelo planeamento do seu extravagante casamento. The Celebrity Apprentice é uma variação de The Apprentice, o programa que celebrizou Donald Trump. Esta versão para celebridades tem um conceito parecido com a outra, mas com algumas alterações: aqui os participantes não fazem vida em conjunto, definem os seus próprios horários e não estão a lutar por um trabalho, mas sim pela conquista de um prémio monetário que é posteriormente doado para fins de caridade. The Celebrity Apprentice traz-nos boa parte do clã Trump, bem como Arnold Schwarzenegger. NeNe participou na 4.ª temporada, mas desistiu quase no final da competição.

Yaya Dacosta: America’s Next Top Model foi como começámos e é também como terminamos. A atriz americana de raízes brasileiras participou na 3.ª temporada, a primeira que envolveu uma parceria com a famosa marca de cosméticos CoverGirl. Com 21 anos na altura, Yaya conquistou o 2.º lugar na competição, mas foi a vencedora de inúmeros desafios durante a competição. Yaya conta com alguns filmes e séries no currículo, mas foi com Chicago Med que se tornou verdadeiramente conhecida do público. Se calhar recordam-se também de a ver no videoclipe de Gold Digger, de Kanye West.

Que atores das séries se recordam de ver em reality shows?

Diana Sampaio