WP-ep105_sc85_011_hires2

01×05 – The Truth

Contém SPOILERS!

Tal como prometido, toda a verdade envolvente a Wayward Pines chegou e vem mudar por completo o jogo. Esqueçam as teorias da conspiração, pois o mundo tal como o conhecemos já não existe nesta série.

Desde o primeiro episódio que vinha a teorizar que esta pequena cidade estaria de alguma forma ligada a alguma experiência governamental ou que poderia até ser uma prisão bastante agradável. A verdade é que me tiraram por completo o tapete e acreditem que nunca me tinha passado pela cabeça tudo isto.

Antes de mais convém explicar o verdadeiro objetivo da Academia de Wayward Pines. Tal como havia dito o Mayor na semana passada, o futuro daquela comunidade dependia essencialmente das crianças e jovens que lá habitam, sendo estes os primeiros a saberem de toda a verdade. Eles são a Primeira Geração de Wayward Pines, o verdadeiro futuro da humanidade, uma vez que devido ao seu ainda “curto tempo de vida” pouco ou nada têm a perder.

Mas chega de enrolar e vamos lá mas é à parte que interessa. Primeiro de tudo explicar o que são aquelas misteriosas criaturas que circundam Wayward Pines. Apelidadas de Abis, elas são o resultante de uma série de mutações genéticas que resultaram numa evolução animalesca da nossa espécie. São carnívoros puros, que normalmente se movimentam em grupos e que neste momento dominam por completo a face da terra. Eles são capazes de devorar um homem adulto em segundos e como tal somos completamente indefesos em relação a eles.

Mas este domínio dos Abis não foi consumado de um momento para o outro. Quando todos nós, incluindo os habitantes de Wayward Pines, pensamos que ainda estamos no ano de 2015, estamos redondamente enganados. Na verdade todos os acontecimentos que temos seguido dentro da cidade estão na realidade a desenvolver-se no futuro, mais precisamente no ano de 4028, no meio de um cenário pós-apocalíptico.

E é aqui que entra a verdadeira funcionalidade de Wayward Pines. Todos se devem recordar da célebre passagem bíblica que envolve Noé e a sua arca. Portanto vamos tomar Wayward Pines como a versão futura da Arca de Noé, mas com o seu conceito apenas aplicado à raça humana.

No passado, um cientista chamado David Pilcher previu o domínio dos Abis sobre a face da terra e decidiu criar um lugar seguro para dar continuidade à raça humana. Esse porto seguro é precisamente Wayward Pines e todos os que habitam nela foram previamente selecionados. Como já é sabido existe um padrão daquilo que todos se lembram antes de chegar a esta comunidade, o acidente. Após o mesmo, os escolhidos são colocados em câmaras de hibernação e ficam à espera até que uma vaga se abra para eles na cidade. Como não voltam todos à vida ao mesmo tempo, explica-se assim o porquê das diferentes contabilizações temporais entre eles.

Mas afinal quem é esse tal de David Pilcher? Para a Primeira Geração, eles nunca chegarão a saber quem ele é, mas Ethan tal como nós ficamos a saber que é o Dr. Jenkins. Fica também explicada a cena do primeiro episódio onde vemos Adam Hassler e Pilcher a conversar sobre Ethan. Este último encontrava-se já na sua fase de recruta. Explica ainda o porquê dos Serviços Secretos não saberem o que aconteceu a Ethan depois do acidente que sofreu perto de Boise.

Enquanto tudo isto vinha sendo explicado pela Mrs. Fischer, do lado exterior tínhamos um Ethan que vinha a presenciar progressivamente tudo o que era explicado na sala da Orientação. Foi uma sequência de cenas verdadeiramente fenomenais e há que dar os parabéns ao trabalho da realização, que nos foi mostrando apenas o necessário, no tempo necessário.

Estamos precisamente a meio da temporada este episódio é exibido no tempo exato, a fim de dividir a temporada em duas partes. Até aqui tivemos a parte da descoberta da cidade e de toda a verdade em torno dela, e daqui para a frente veremos como viverão com a verdade, embora a maior parte dos adultos não saibam o que realmente se passa do lado de fora daqueles muros.

Ah, para terminar quero apenas informar os mais distraídos de que Wayward Pines tirará uma semana de descanso, regressando apenas no próximo dia 25 de Junho.

Nota: 9.5/10

Carlos Oliveira