Classificação

8.5
Interpretação
8
Argumento
8
Realização
9.5
Banda Sonora

[Contém spoilers]

Não sei quanto a vocês, mas eu ainda não sei me voltei a habituar a esperar uma semana por um episódio. Quando tinha mais vida para ver mil séries e sem deixar episódios pendentes, exasperava pelos novos episódios. Depois comecei a deixar de ter disponibilidade para isso e ia acumulando episódios. Depois a Netflix entrou na minha vida e via uma temporada inteira sabendo que estava tudinho ali e não tinha de esperar por nada. Mas agora a Disney+ teimou em lançar um episódio de The Mandalorian por semana. Claro que é bom podermos aproveitar por mais tempo e todos os memes e especulações da série.

Depois do primeiro episódio, em que resgatou um dos prémios mais cobiçados pelos caçadores de recompensas e de no segundo ter lutado para o levar para o cliente, o mandalorian chega ao destino e recebe o pagamento do trabalho mais complicado de todos. O pagamento é tão bom que mando consegue construir toda uma nova armadura, que, deixem-me que vos diga, dá-lhe um ar super badass.

No entanto, nem todos estão contentes pelo feito de mando. É que ele trabalhou para o cliente que os outros mandalorian desprezam… Antigos restos do Império Galáctico, que forçaram os mandalorian a esconder-se. Ele próprio não está contente com a situação da encomenda, visto que qualquer pessoa com um centímetro de coração apaixona-se perdidamente pelo bebé Yoda. Não se esqueceu que ao início lhe foi dito que podia trazer o ser vivo ou morto.

Não sei se foi a afeição que desenvolveu pelo bebé Yoda, o não confiar naquelas pessoas para deixar um ser tão poderoso, o lado humano que teme pela vida dele ou um conjunto das três. O certo é que o mandalorian em vez de seguir viagem e tirar umas férias (como lhe foi sugerido) ou ir em busca do seu próximo trabalho, resolveu partir numa missão suicida e ir resgatar o bebé Yoda. Quero dizer, como é que alguém é capaz de abandoná-lo? Até eu me oferecia para ser mãe dele!

De tal impossível que foi a missão é que eu acho que o mandalorian começou a tomar decisões com o coração e não com a cabeça. Ou isso ou ele não sabia que metade das criaturas daquela cidade tinham o tracker que avisava quando o bebé Yoda estava perto. Nunca nenhum perdeu a esperança de ganhar aquele prémio tão apetecível. Incluindo o homem que arranjou o trabalho ao mandalorian.

Depois de matar uma carrada de stormtroopers e de ter escapado da base ileso e com o bebé Yoda a dormir, mando é cercado e, numa revolta de acontecimentos, é salvo pelos seus, pelos mandalorian que tanta raiva pareciam ter no início do episódio. A sequência foi extremamente bem feita, desde o momento em que mando se infiltrou na base até partir na sua nave a são e salvo com a criança. Pedro Pascal dá tudo nas cenas de luta e mostra o quão bem se preparou para o papel. Interessante que desta vez o bebé Yoda não conseguiu intervir… Será que ainda não recuperou do confronto anterior ou os seus captores enfraqueceram-no?

Ora bem, então e agora? Mando tem oficialmente a cabeça a prémio e isto parece que se transformou numa caça ao homem. Quais serão os planos agora? Estou mesmo “à nora”, a dar voltas à cabeça para tentar adivinhar os próximos passos. A série tem seguido um plano freestyle, sem um plano definido, sem nos dar muito sobre o seu futuro. Isso foi um ponto forte da série porque nos deixou agarrados ao ecrã. Agora uma pessoa desespera!

Maria Sofia Santos