The White Lotus – Review da 2.ª temporada
| 23 Dez, 2022
8.6

The White Lotus, criada por Mike White, é uma série antológica original da HBO, que acompanha, durante uma semana, as vidas dos funcionários e dos hóspedes do resort White Lotus, cujas férias terminam com uma vítima mortal. Assim como na primeira, esta temporada começa pelo fim, revelando aos espectadores que alguém morrerá, deixando-os ansiosos para que as sucessões de acontecimentos rapidamente nos levem à reconstrução do mais inesperado.

A 2.ª temporada de The White Lotus trouxe consigo um novo (e belíssimo) elenco. Só uma das personagens não parecerá estranha àqueles que seguiram, também, a 1.ª temporada. É Tanya (Jennifer Coolidge), que está de volta a mais um resort White Lotus. Desta vez na Sicília, ilha italiana repleta de belas paisagens e cheia de história que envolve a série num misticismo suspeito.

Para uma série cuja ação decorre durante uma semana de férias, algo que parece nunca ter descanso é a decadência moral que acompanha cada um dos personagens. Se a primeira temporada estava focada no privilégio e nas relações desiguais de poder entre hóspedes e funcionários, a mais recente toma um novo ângulo, com foco no desejo carnal e sexualidade.

Devo ressaltar a riqueza do argumento. Todas as personagens têm as suas máscaras, pelo que as suas ações nem sempre são transparentes e existem nas suas palavras significados subentendidos e, por vezes, difíceis de decifrar.

A escrita continua ácida e provocante, qualidades já reconhecíveis na primeira edição da série e que permanecem fortes na mais recente. Se há uma palavra que pode descrever a série, é consistência.

Momentos de grande tensão e desconforto não faltam, e só assim o são devido à química entre os atores. Há um núcleo de personagens que para mim se destaca, o quarteto formado pelos dois casais jovens. Harper (Aubrey Plaza) e Ethan (Will Sharpe), que são convidados a passar férias com Cameron (Theo James) e a sua mulher Daphne (Meghann Fahy), apercebem-se que este casal nada tem a ver consigo. Daphne e Cameron, que aparentam ser o casal perfeito e parecem alienados da realidade, têm valores muito diferentes dos de Harper e Ethan, que são pessoas sérias e honestas. A dinâmica deste grupo é poderosa na forma como lutam pelo poder, classe, inteligência e sucesso financeiro. É quando se juntam à mesa que oferecem cenas esplêndidas, tão bem escritas e interpretadas da mesma forma que são dolorosas.

A maior ironia de The White Lotus é juntar no mesmo espaço o paraíso e o inferno, o que permite que as ações de cada um destes indivíduos seja ainda mais detestável.

Sem querer revelar a vítima destas férias, aponto para a forma bizarra como a dita cuja morre. Foi um misto de emoções, onde tão depressa quis rir, como imediatamente tomei consciência do que tinha acabado de acontecer.

A 2.ª temporada de The White Lotus termina, no entanto, com algum espaço para redenção dos personagens, coisa que não senti na primeira. A presente temporada parece terminar numa nota mais otimista que nos permite manter a esperança no ser humano, ao contrário da primeira, cujos personagens parecem não ter emenda.

Mistério, ousadia e perversão, são as palavras-chave para esta sátira que é tão pertinente quanto engraçada, porque mesmo dentro da decadência há espaço para gargalhadas.

Por cá, podes ver The White Lotus na HBO Max e já existe uma 3.ª temporada confirmada.

Personagem de destaque:

Harper (Aubrey Plaza) – Destaco Harper, que é uma personagem complexa com uma evolução curiosa. É uma mulher autêntica e astuta, com personalidade forte e intimidante, o que aos olhos de Cameron a torna uma pessoa fria e aborrecida. No entanto, o convívio com o casal “amigo” fá-la adotar uma nova postura, mais desafiante.

Melhor Episódio:

Episódio 6 – Abductions – Este é um episódio que carrega um peso à espera de explodir. Conta com iscos dramáticos que disparam em várias direções e a ação atinge o clímax que a orienta para o episódio final.

The White Lotus - Review da 2.ª temporada
Temporada: 2
Nº Episódios: 7
8.6
9
Interpretação
9
Argumento
8
Realização
8
Banda Sonora

Publicidade

Populares

calendário estreias

Recomendamos