Mask Girl – 01×01 – Kim Mo-Mi
| 28 Ago, 2023
8

Publicidade

Mask Girl é uma recente série coreana da Netflix que conta a história de Kim Mo-Mi (Elaine Wang), uma rapariga que tem um trabalho e uma vida banais e aborrecidos. Na infância gostava de dançar, mas devido a não ser particularmente bonita, nunca lhe prestaram atenção. Na sua vida adulta decide começar a fazer streams numa plataforma estilo Twitch onde dança com roupas consideradas provocadoras e uma máscara para não conseguirem ver a cara dela. A série acompanha como este lado secreto tem impacto na sua vida.

Mask Girl é um choque cultural relativamente grande. Não seria de todo de esperar uma produção sobre uma streamer a dançar de forma provocadora, mas o que é certo é que a ficção muitas vezes imita a realidade e existem streams que podem ser considerados “estranhas” ou pelo menos caricatos, nomeadamente ver pessoas a comer ou raparigas em jacuzzis. Não só o enredo e conceito da série são peculiares como também a cultura/ambiente que vemos no mundo do trabalho é bastante diferente. Até mesmo as questões do assédio sexual e da sexualização da mulher em ambientes profissionais. Não é que não aconteçam na Europa e em Portugal, infelizmente acontece e muito, apesar de tentarmos disfarçar mais, mas aqui está escancarado com os colegas todos a verem e a não fazerem nada. Há um grande peso atribuído à atratividade da mulher.

Kim Mo-Mi tem uma paixão secreta pelo seu chefe, que é casado, e ao mesmo tempo sente-se aprisionada pela sua cara. Adora dançar, mas começaram a chamar-lhe feia e, por isso, não conseguiu seguir essa carreira. Os colegas tratam-na muito pior do que a uma colega mais bonita e ela não consegue chamar a atenção do homem que quer. Tudo isto acaba por levá-la a criar uma conta numa plataforma de streaming onde dança com pouca roupa e com uma máscara. Cria uma comunidade onde tenta obter aquilo que não consegue nos outros pilares da sua vida e isto leva a que encontre uns que estão obcecados com ela, outros que a insultam e tentam diminuir.

Foi interessante ver algo tão diferente do que habitualmente consumo, estranho de uma forma não negativa, mas que reforça que a internet tem cantos muito estranhos. Mask Girl tem uma boa produção e efeitos especiais. Quanto à história, parece que vai ser um drama: envolve uma paixão, traições, mortes e obsessões. Cativou-me o suficiente para continuar a ver e devo terminar a temporada. Parece uma sátira, não para rir, que reflete a importância que se dá à atratividade e o quanto isso pode influenciar a vida de alguém, o que todos sabemos que é ridículo, mas também sabemos que acontece, por mais ou menos que seja disfarçado. Mesmo a questão dela procurar online aquilo que não consegue presencialmente é em parte um grande reflexo da sociedade de hoje em dia.

E tu, o que achaste?

8
7.5
Interpretação
8.5
Argumento
8
Realização
8
Banda Sonora

Publicidade

Populares

calendário estreias posters junho 2024

station 19 abc

Recomendamos